Conheça o Projeto de Acompanhamento Individual de Desempenho Acadêmico – PAIDA

Conteúdo

O processo de aprendizagem varia de acordo com as características de cada estudante, isto é, somos indivíduos únicos, temos facilidade em alguns assuntos enquanto outros são mais desafiadores. Por essa razão, o aprendizado personalizado é um pilar fundamental para o Colégio Planck, justificando a existência do Projeto de Acompanhamento Individual de Desempenho Acadêmico (PAIDA), uma vez que através desse projeto torna-se mais fácil compreender o desenvolvimento de cada estudante. Além disso, também é papel de um bom professor reconhecer este fator em suas turmas, para que possa planejar aulas que atendam a necessidade de todos. 

Diferente de uma recuperação, o PAIDA é um projeto de apoio e acolhimento, o qual independe do estágio de aprendizado do estudante, permitindo que o Colégio Planck identifique quais são as habilidades e competências dos futuros estudantes do 6º Ano do Ensino Fundamental e 1ª Série do Ensino Médio. Dessa forma, a equipe Planck entenderá melhor como apoiar seus estudantes para que eles possam se desenvolver durante o ano letivo. Desejamos que cada um aprenda sobre o que gosta, e para isso o estudante deve alcançar seu protagonismo, planejando-se para tal responsabilidade. E claro, os professores estão sempre dispostos a ajudá-los nisso, dando o impulso necessário para que as turmas possam aprender e conquistar seus sonhos. 

Nossos estudantes matriculados no Planck para as turmas de 6º Ano do Ensino Fundamental – Anos Finais e 1ª Série do Ensino Médio de 2022 terão a oportunidade de vivenciar o conceito desse programa especial. Recebendo o devido acolhimento antes mesmo de entrarem em definitivo no Colégio, todos os matriculados estão fazendo parte desse PAIDA especial até dezembro deste ano em disciplinas como Matemática, Língua Portuguesa, Redação e Inglês.

Para o nosso Cofundador e Diretor de Ensino, Prof. Umberto Malanga, o PAIDA é o primeiro contato do futuro estudante Planck com alguns de nossos professores: “o grande objetivo deste programa é acolher o estudante também de forma acadêmica. Realizando as nossas atividades, conhecemos o estágio da aprendizagem, identificando pontos de melhorias e de resgates. Com estas informações importantes podemos começar um trabalho mais eficiente e personalizado com os nossos estudantes”.

PAIDA na Matemática

O PAIDA de matemática é elaborado pelo Prof. Umberto Malanga e aborda assuntos básicos do 5º ano e 9º ano do Ensino Fundamental e que são pré-requisitos importantes para um bom desenvolvimento do 6º ano e 1ª série do Ensino Médio. Todas as atividades são focadas nos conteúdos essenciais que o estudante viu no início de sua jornada acadêmica.

PAIDA na Língua Portuguesa

Na disciplina de Língua Portuguesa, o professor Darci é quem elabora o acompanhamento. Adaptação, descoberta e habilidade. Essas são as três palavras-chaves do programa de Língua Portuguesa no PAIDA dirigido a novos estudantes, pois definem as prioridades e o método de aprendizagem propostos pelo Colégio Planck:

  • Adaptação a uma nova escola, a um diferente material didático, a outro sistema de avaliação, a novos colegas e professores e sobretudo a um novo ciclo que se inicia na vida do aluno – o ingresso no Ensino Fundamental Anos Finais, cuja dinâmica, por ser muito mais intensa do que a do ciclo anterior, naturalmente gera desconforto e ansiedade em boa parte da clientela escolar (alunos e familiares). Ao estabelecer um vínculo inicial com o futuro professor, ainda que por meio virtual, essa adaptação acelera-se e aprofunda-se à medida que o matriculando assiste às aulas gravadas e se submete aos exercícios nelas baseados;
  • Descoberta de um enfoque distinto sobre o estudo da língua materna, uma vez que nas cinco séries iniciais do Ensino Fundamental esse conteúdo não é ministrado por professores especialistas, mas antes por pedagogos cujo objetivo é o desenvolvimento de competências basilares de comunicação oral e escrita: da aquisição de vocabulário à caligrafia, da clareza e expressividade na pronúncia àquelas na produção textual, da apropriação de nomenclatura gramatical à experiência cognitiva durante a leitura. Já a partir do 6º ano, contudo, esse enfoque altera-se sensivelmente, pois a visão de um profissional de Letras, amparada pelas diretrizes da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), redireciona o curso de Língua Portuguesa, agora focado nos aspectos históricos e sociolinguísticos da formação e uso do idioma, nas possibilidades polissêmicas do vocabulário, nas interações intertextuais e interdiscursivas, na análise do discurso literário e não literário;
  • Habilidade para empregar os recursos da linguagem em cada contexto e para cada finalidade, seja em ambientes e gêneros mais formais, como a produção de trabalhos acadêmicos de pesquisa ou o discurso proferido em público, seja nos menos formais, como a criação de textos expressivos (crônicas, poemas, história em quadrinhos, peças publicitárias, por exemplo) ou a oralização com suporte de elementos extralinguísticos (dramatização, filmes de curta-metragem, debates, podcasts, entre outros).

“Consciente de que terá muitas descobertas a fazer e várias habilidades a desenvolver durante o curso de Língua Portuguesa do Ensino Fundamental Anos Finais, nosso futuro aluno terá dado o primeiro passo rumo a uma bem-sucedida adaptação” nos conta o Prof. Darci, de Língua Portuguesa.

A Importância da Produção Textual desde o Ensino Fundamental

Quando o estudante se depara com um exercício de produção de texto, ela passa a ter um ritmo de transformar as ideias em um texto escrito, desenvolvendo sua oratória. O professor de Redação, Valente, nos conta que tem dois aspectos fundamentais a serem trabalhados nas produções textuais dos estudantes: “O primeiro aspecto é quando o estudante faz esse exercício com ritmo, ele vai aprendendo a observar todas essas ideias que tem, organizando isso em um texto, com o tempo vai ficando com os pensamentos mais organizados. Um segundo aspecto seria quando o exercício de produção de texto é realizado desde o Fundamental, esta forma de expressão que é feita por meio da escrita, pelas palavras, em um papel ou computador, acaba se tornando natural para quem faz o exercício da escrita como a fala, por exemplo”.

PAIDA na Língua Inglesa

O Colégio Planck dá muito importância ao ensino da língua inglesa e da inserção do nosso estudante no contexto global: “o PAIDA de inglês é uma ferramenta para diagnosticarmos a base de conhecimento de cada estudante ingressando no ensino fundamental, para que possamos ajudá-los a acompanhar o curso de inglês do Planck, que exige do estudante um bom conhecimento e desenvoltura ao longo do ciclo, para que se tornem comunicadores autônomos do idioma”, nos conta a professora de Língua Inglesa, Luciana Arruda.

O PAIDA ajuda a despertar o amor pelo aprendizado e autonomia, porque o estudante vai perceber que é capaz de aprender o que quiser, basta querer! E esse estímulo é naturalmente inserido em nosso cotidiano no Colégio Planck, sendo um fator fundamental para impulsionar indivíduos que desejam ser protagonistas de suas próprias vidas. Dessa forma, sua passagem pelo Planck é ressignificada pela perspectiva do futuro social e profissional, preparando os estudantes para a vida adulta.

 

Compartilhe:

Leia também:

Translate »