O que caracteriza a educação tradicional?

Conteúdo

A educação tradicional purista esteve presente por muitos séculos nas instituições de ensino, inclusive, até hoje, é o método predominante nas salas de aula pelo Brasil, tanto em particulares quanto em públicas. No entanto, no mundo em que vivemos, é necessário ir além para promover uma Educação de qualidade para as jovens mentes que estão ingressando nos colégios e, futuramente, no mercado de trabalho.

A educação tradicional purista esteve presente por muitos séculos nas instituições de ensino, inclusive, até hoje, é o método predominante nas salas de aula pelo Brasil, tanto em particulares quanto em públicas.

No entanto, no mundo em que vivemos, é necessário ir além para promover uma Educação de qualidade para as jovens mentes que estão ingressando nos colégios e, futuramente, no mercado de trabalho. 

A Educação não se trata apenas de transmitir conhecimentos para sua futura área de atuação profissional, mas sim de desenvolver habilidades para viver em sociedade e se tornar um cidadão exemplar.

No entanto, o modelo de educação escolar tradicional pode ser aprimorado, adotando novos estímulos visando os resultados dos estudantes, como é o caso do Colégio Planck. Veja neste texto quais são os diferenciais.

O que é educação tradicional?

Dizemos que uma educação é tradicional quando o modelo de ensino está centralizado na passagem de informações do professor para os estudantes. E isso é visto tanto em escolas particulares quanto em públicas.

Portanto, podemos dizer que o educador é a figura central, que atua como um mediador da informação. E o estudante é o receptor dessa mensagem.

O intuito desta metodologia é direcionar o aprendizado em meio a uma variedade de conteúdos e guiar os estudantes, por meio da memorização e repetição de forma sistemática.

No modelo de educação escolar tradicional, o professor tem o papel de transmitir conhecimento de forma abrangente para os estudantes, para fornecer a mesma base para todos.

Entende-se que todos na sala de aula estão nivelados com as mesmas habilidades e estão capacitados para percorrer a mesma jornada, ou que ainda possuem os mesmos interesses de aprendizado.

Então, em outras palavras, o estudante desenvolve inteligência intelectual no que se refere ao conteúdo programático.

Veja mais:

O desenvolvimento cognitivo na adolescência   

Ebook Novo Ensino Médio: saiba quais são as mudanças Baixe aqui

Leia também:

A importância da leitura e da escrita na formação dos estudantes 

Como a educação tradicional pode ser aprimorada?

Para modernizar esse modelo tradicional, é possível aliar algumas inovações para promover um ensino mais humanizado, que considera as habilidades individuais de cada um, assim como seus dons e interesses.

Quando os colégios conseguem promover essa mudança, é possível perceber que os estudantes vivenciam um ambiente escolar mais democrático e flexível, no qual podem participar de atividades práticas, discussões e projetos. Também é muito comum o uso de laboratórios e espaços ao ar livre. 

O professor também ganha um novo papel, o de facilitador, permitindo que os estudantes sejam agentes ativos em seu processo de aprendizado e, por consequência, mais autônomos.

Essa combinação de fatores gera ambientes de aprendizado mais estimulantes e envolventes. 

Quando o colégio possui um olhar atento no desenvolvimento do estudante, oferece mais recursos e amparos para sua o desenvolvimento de múltiplas inteligências, como:

  • Inteligência lógico-matemática: raciocínio lógico;
  • Inteligência linguística: comunicação;
  • Inteligência musical: notas e sons de instrumentos;
  • Inteligência espacial: espaços e perspectivas;
  • Inteligência corporal-cinestésica: desenvolvimento motor;
  • Inteligência intrapessoal: autoconhecimento de suas emoções, habilidades, motivações e necessidades;
  • Inteligência interpessoal: relacionamento com outros;
  • Inteligência naturalista: conexão com a natureza;
  • Inteligência existencial: senso crítico, questionamentos e pensamentos.

 

Formulário – Infográfico Socioemocional

Leia mais:

Desenvolvimento de relacionamento interpessoal nas escolas

Qual é a metodologia do Colégio Planck e como preparar os estudantes para a vida? 

 

O Colégio Planck é uma instituição de ensino particular que utiliza metodologias ativas de ensino, focadas no estudante.

Nosso maior objetivo é formar cidadãos éticos, autônomos, de alto desempenho e relevantes para a sociedade. Isso só é possível porque contamos com um corpo docente que possui as melhores qualificações no ambiente de ensino e estão preparados para auxiliar crianças e adolescentes em sua jornada.

Nosso método valoriza a individualidade e respeita as habilidades de cada estudante, para que possam usar seus pontos fortes e fracos a seu favor.

O dia a dia nas salas de aula promovem o conhecimento técnico, aliado ao desenvolvimentos dos estudantes no que diz respeito às habilidades socioemocionais. 

Para isso, adotamos projetos interdisciplinares, debates em grupo e atividades práticas e extracurriculares, em ambientes projetados para estimular e envolver os alunos. Temos salas de leitura, laboratórios de ciências, quadra poliesportiva e espaços para atividades ao ar livre.

Clique aqui e agende uma visita

Compartilhe:

Compartilhe:

Leia também:

O Ensino Fundamental 2 é um período de aprendizagem importante para as crianças e pré-adolescentes, pois marca sua passagem para um mundo com mais responsabilidades e deveres, que caminha junto a mudanças físicas e neurológicas. No ambiente escolar, os estudantes deparam-se com novos desafios, mas também com novas oportunidades e paixões. É neste momento que suas vozes despertam e começam a descobrir-se como pessoas.

Ensino fundamental 2: o que esperar?

O Ensino Fundamental 2 é um período de aprendizagem importante para as crianças e pré-adolescentes, pois marca sua passagem para um mundo com mais responsabilidades

Translate »