Estresse e ansiedade entre pré-adolescentes e jovens estudantes: como administrar?

Conteúdo

A transição da pré-adolescência e adolescência até a vida adulta é um período desafiador, no qual eles enfrentam uma série de mudanças físicas, emocionais e sociais. Somados ao modus operandi de nossa sociedade, o estresse e a ansiedade são inevitáveis.

A transição da pré-adolescência até a vida adulta é um período desafiador, no qual eles enfrentam uma série de mudanças físicas, emocionais e sociais. Somados ao modus operandi de nossa sociedade, o estresse e a ansiedade são inevitáveis.

No texto a seguir, vamos apontar os sintomas de estresse e ansiedade entre pré-adolescentes e jovens estudantes e dar algumas dicas de como ajudá-los a administrar.

Saiba identificar os principais sintomas 

Os sintomas de estresse e ansiedade podem ser temporários ou crônicos. Se você perceber que seu filho ou filha está enfrentando esses sintomas e eles estão interferindo na qualidade de vida ou na rotina diária, é recomendado buscar apoio de um profissional de saúde mental, como um psicólogo e psiquiatra, para uma avaliação adequada e tratamento, se for necessário.

Eles podem variar de pessoa para pessoa, mas geralmente incluem: 

Sintomas de estresse e ansiedade no corpo

  • Palpitações ou batimentos cardíacos acelerados;
  • Respiração rápida ou falta de ar;
  • Tensão muscular, dores de cabeça ou enxaquecas;
  • Distúrbios do sono, como insônia ou sonhos perturbadores;
  • Fadiga e baixa energia;
  • Problemas gastrointestinais, como dor de estômago, náuseas, diarreia ou constipação;
  • Suor excessivo ou mãos frias e úmidas;
  • Alterações no apetite, como comer demais ou perda de apetite. 

Sintomas emocionais do estresse e ansiedade

  • Sentimentos de preocupação, nervosismo ou medo constante;
  • Dificuldade em relaxar ou se acalmar;
  • Irritabilidade ou impaciência;
  • Sensação de sobrecarga ou estar sobrecarregado;
  • Dificuldade de concentração ou mente agitada;
  • Sensação de estar fora de controle;
  • Pensamentos negativos ou catastrofistas;
  • Baixa autoestima ou sentimento de inadequação. 

Aproveite e leia sobre:

Sintomas comportamentais da ansiedade e estresse

  • Dificuldade em dormir ou insônia;
  • Mudanças no apetite e nos hábitos alimentares;
  • Isolamento social e deixar de fazer atividades;
  • Procrastinação ou dificuldade em realizar tarefas
  • Comportamentos nervosos, como roer unhas ou andar inquieto;
  • Dificuldade em lidar com situações estressantes do dia a dia.

Confira o episódio do nosso podcast Planck Talks sobre “Saúde Mental: A Importância de Nomear as Emoções”, disponível no canal do Youtube do Colégio Planck.

Como aliviar estresse e ansiedade?  

Crie uma rotina

Criar uma rotina é uma maneira eficaz de reduzir o estresse e a ansiedade. Ajude os jovens a organizar seu tempo, incluindo atividades do colégio, momentos de lazer, exercícios físicos e descanso adequado. 

Uma rotina bem planejada proporciona uma sensação de controle e segurança. 

Estabeleça limites digitais

O uso excessivo de dispositivos eletrônicos pode contribuir para o estresse e a ansiedade. Estabeleça limites saudáveis ​​para o tempo de tela, incentivando intervalos regulares para atividades físicas, socialização offline e descanso. 

Incentive também uma desconexão digital antes de dormir, pois a exposição à luz azul dos dispositivos pode interferir no sono. 

Leia mais sobre o assunto:

Ensine práticas de relaxamento

As práticas como respiração profunda, meditação ou ioga ajudam a acalmar a mente e o corpo, reduzindo a ansiedade e promovendo a concentração. 

Possibilite a comunicação aberta e segura

Estabelecer uma linha de comunicação aberta e acolhedora é fundamental. Encoraje os filhos a expressarem seus sentimentos, medos e preocupações. Ao ouvi-los atentamente, você os ajuda a se sentirem compreendidos e apoiados. 

Mostre empatia e evite minimizar seus sentimentos, pois isso pode fazer com que se fechem ainda mais. 

Você vai gostar desse conteúdo:

Estimule as atividades físicas

A prática regular de atividades físicas é uma poderosa ferramenta para reduzir o estresse e a ansiedade. Incentive os jovens a se envolverem em esportes, dança, caminhadas ao ar livre ou qualquer atividade que eles gostem. 

O exercício libera endorfinas, que ajudam a melhorar o humor e reduzir os sintomas do estresse. 

Sono adequado

O sono adequado é essencial para o bem-estar emocional. Estabeleça uma rotina de sono consistente, incentivando os jovens a terem um horário regular para dormir e acordar. 

Crie um ambiente propício ao sono, com um quarto escuro, tranquilo e livre de dispositivos eletrônicos.

Leia mais sobre:

Colégio Planck 

O desenvolvimento das habilidades socioemocionais é um dos pilares do Colégio Planck, no qual é incentivado o desenvolvimento do autoconhecimento, fundamental para saber administrar a ansiedade e o estresse. 

Assim, os estudantes estarão mais preparados não só academicamente, mas também em todos os aspectos sociais e emocionais que possam levá-los ao sucesso em suas vidas.

As habilidades socioemocionais estão inseridas nas mais diversas atividades do Colégio e acontecem dentro das disciplinas curriculares, das eletivas e em diversos eventos e iniciativas que acontecem no Planck, como a aula de Projeto de Vida.

 

Clique e agende uma visita. Matrículas Planck 2024.

Compartilhe:

Compartilhe:

Leia também:

O Ensino Fundamental 2 é um período de aprendizagem importante para as crianças e pré-adolescentes, pois marca sua passagem para um mundo com mais responsabilidades e deveres, que caminha junto a mudanças físicas e neurológicas. No ambiente escolar, os estudantes deparam-se com novos desafios, mas também com novas oportunidades e paixões. É neste momento que suas vozes despertam e começam a descobrir-se como pessoas.

Ensino fundamental 2: o que esperar?

O Ensino Fundamental 2 é um período de aprendizagem importante para as crianças e pré-adolescentes, pois marca sua passagem para um mundo com mais responsabilidades

Translate »