O que as crianças desenvolvem em atividades de estudo do meio?

Conteúdo

Para que o estudante tenha uma educação completa, é necessário que a instituição de ensino estimule uma aprendizagem baseada em projetos.

Essa é uma abordagem pedagógica que traz significados, o que contribui para uma formação integral do estudante, inclusive para sua formação social e emocional.

No Colégio Planck, por exemplo, promovemos diversos projetos pedagógicos, como é o caso dos estudos do meio, que proporcionam uma experiência envolvente e prática aos estudantes, fora do ambiente escolar.

Vamos entender mais a aprendizagem baseada em projetos e a contribuição da atividade “Estudos do Meio”, que ajuda a aprofundar os conhecimentos já adquiridos, garantindo um aumento de repertório cultural e uma vivência fora do ambiente escolar.

Leia mais neste texto.

Quais são as habilidades desenvolvidas em atividades da aprendizagem baseada em projetos?

A aprendizagem baseada em projetos é uma metodologia de ensino que desenvolve diversas habilidades importantes para a vida acadêmica,   profissional e social.

Esses projetos pedagógicos auxiliam os estudantes a ter uma comunicação mais clara, na adaptação a diferentes situações, na tomada de decisões mais consciente e no gerenciamento do tempo com mais objetividade.

Veja quais são as habilidades que os estudantes desenvolvem por meio da aprendizagem em projetos e como beneficiam seu desenvolvimento integral.

Cooperação

Durante as atividades, os estudantes se deparam com questões que, muitas vezes, devem ser trabalhadas em conjunto, para solucionar problemas ou aplicar de forma prática os conceitos adquiridos em sala de aula à realidade, ou vice-versa.

Portanto, eles são incentivados a compartilhar suas ideias e tomar decisões em equipe. Com isso, os estudantes também desenvolvem a empatia, que é uma habilidade socioemocional. 

O trabalho em equipe estimula o respeito e a valorização da contribuição dos colegas para as atividades. Dessa forma, eles aprendem a se colocar no lugar do outro e entender diferentes perspectivas.

Comunicação

Ao trabalhar de forma colaborativa, os estudantes devem expressar suas opiniões e pontos de vista com os colegas, para chegarem a um resultado. E para isso, precisam se comunicar com clareza.

Com a prática regular dessa habilidade, eles conseguem melhorar suas técnicas de redação e oratória. 

Dessa forma, se tornam mais confiantes para apresentação de suas ideias e na argumentação sobre diferentes assuntos e ambientes sociais.

Resolução de problemas

A aprendizagem baseada em projetos também estimula a criatividade e a inovação em diferentes contextos sociais. 

Os estudantes precisam pensar em soluções para resolver os problemas apresentados ou explorar diferentes áreas de conhecimento de forma integrada para chegar a uma resposta.

Dessa forma, os estudantes são estimulados a pensar fora da caixa, para que consigam enfrentar os desafios da vida.

Autonomia

A aprendizagem baseada em projetos estimula o protagonismo juvenil, porque são estimulados a tomar decisões, se responsabilizar por tarefas e gerenciar seu tempo, prazo e recursos de forma eficaz.

Com isso, os estudantes desenvolvem sua autonomia, além de habilidades de autoconfiança e organização, que promovem o autogerenciamento.

Assim, conseguem tomar decisões sozinhos, ter iniciativa para buscar conhecimentos e solucionar problemas complexos.

Pensamento crítico

A autonomia, a curiosidade e a empatia instigam os estudantes à reflexão e análise de diferentes pontos de vista.

Com isso, são capazes de procurar informações, aprender novos conhecimentos, fazer escolhas mais conscientes e refletir sobre seus próprios comportamentos e opiniões.

Dessa forma, conseguem tomar decisões baseadas em sua própria avaliação, questionar os problemas do mundo e criar soluções inovadoras, ao se tornarem cidadãos dependentes, proativos e participativos na sociedade.

Essas atividades servem como uma contribuição acadêmica, que ajuda a aprofundar os conhecimentos já adquiridos, garantindo um aumento de repertório cultural e uma vivência fora do ambiente escolar.

Com essa atividade, os estudantes podem relacionar seus conhecimentos teóricos a situações reais que ultrapassam o cotidiano escolar.

Em outras palavras, a aprendizagem baseada em projetos permite que as crianças apliquem na prática os conteúdos vistos em sala de aula, para consolidar o aprendizado.

Com isso, a aprendizagem baseada em projetos consegue promover uma educação completa, capacitando os estudantes de forma integral e preparando-os para enfrentar os desafios do mundo.

Então, para entender melhor o que são os Estudos do Meio e como esse projeto estimula o desenvolvimento de certas habilidades, continue neste texto!

O que é o projeto “Estudos do Meio”?

O projeto Estudos do Meio trabalha o eixo de Abertura ao Novo da Matriz Socioemocional, que desenvolve habilidades essenciais para o crescimento pessoal e profissional dos estudantes.

Os professores do Colégio Planck organizam visitas a museus, parques, cidades históricas, entre outros lugares. O projeto é realizado ao longo do ano, e as atividades são planejadas previamente, de acordo com a faixa etária das classes.

O objetivo da aprendizagem do Estudos do Meio é aumentar o repertório cultural dos estudantes, ao mesmo tempo em que relacionam os conteúdos da sala de aula com atividades práticas.

Além disso, adquirir conhecimento de fontes diferentes contribui para uma visão mais ampla sobre o mundo e um aprendizado mais significativo de seus conhecimentos técnicos.

Durante as atividades de Estudos do Meio, os estudantes são estimulados a observar, questionar, investigar e refletir sobre os temas abordados. 

Dessa forma, os estudantes conseguem participar ativamente da construção dos seus conhecimentos, com experiências ricas e contextualizadas e, assim:

  • Expandem seus horizontes: ao se conectarem com diferentes culturas, ambientes e perspectivas, os estudantes ampliam seu repertório de conhecimento e desenvolvem uma visão mais abrangente do mundo;
  • Aprimoram suas habilidades: o trabalho em equipe, a comunicação eficaz, a resolução de problemas e o pensamento crítico são apenas algumas das habilidades que são desenvolvidas durante as atividades de Estudo do Meio.
  • Aprendizagem significativa: a vivência prática e a interação com diferentes fontes de informação permitem que os estudantes relacionem os conteúdos da sala de aula com o mundo real de forma natural, tornando o aprendizado mais significativo e duradouro.
  • Desenvolvem a consciência social e ambiental: o contato com diferentes realidades socioculturais e ambientais desperta nos estudantes a consciência da importância da preservação do meio ambiente e da responsabilidade social.

Por que o Colégio Planck estimula a aprendizagem baseada em projetos? 

O Colégio Planck promove a aprendizagem baseada em projetos, porque estimula a participação ativa dos estudantes na sua própria formação.

Ao longo do ano letivo, os professores organizam atividades práticas ou projetos interdisciplinares, de acordo com os temas estudados em sala de aula.

O contato com atividades e diferentes fontes de informações estimula o interesse pela busca de mais conhecimento, promove a autonomia e a cooperação.

Dessa forma, os estudantes têm aprendizagem significativa e completa, e conseguem se preparar melhor para enfrentar os desafios do mundo, com o desenvolvimento de diferentes habilidades.

Além disso, adquirem consciência ambiental, social e cultural, para que se tornem cidadãos ativos, críticos e competentes em todos os aspectos de suas vidas e engajados com a sociedade.

Agende uma visita para conhecer mais sobre o Colégio Planck e todos os seus projetos pedagógicos!

Escolhas importam e, as melhores, escrevem um grande futuro

Compartilhe:

Compartilhe:

Leia também:

Translate »