Atividades de férias que colaboram com a formação dos estudantes

Conteúdo

Apesar de ser um período de descanso, as férias também podem ser um momento de participar de atividades agradáveis e divertidas que colaboram com a formação do estudante. Veja neste texto, dicas de atividades que vão contribuir para enriquecer a bagagem intelectual e as habilidades socioemocionais neste período. Por que as atividades de férias são valiosas para a formação? Especialmente depois de um ano inteiro cheio de atividades, sabemos que as férias são importantes para fazer uma pausa para a mente e para o corpo, o que permite renovar energias e até ideias, além de desestressar. Essa pausa funciona como um meio para melhorar a capacidade de concentração e de processamento de informações, além de estimular até o pensamento lógico. Então, que tal aproveitar esse descanso para fazer algo que seja divertido, relaxante e também esteja apresentando novidades ao cérebro? São muitas as atividades de lazer que os estudantes das variadas faixas etárias podem fazer nas férias para contribuir com a própria formação intelectual e socioemocional, ao mesmo tempo que saem dessa linha de tempo de compromissos escolares. Esse período com mais folga de horas permite que os pais e responsáveis também exponham os estudantes às áreas de disciplina com uma abordagem diferente, por exemplo, com idas a museus de ciências, história ou arte, além de estimular habilidades essenciais no século 21, como a resolução de problemas. Veja nossas dicas de atividades de férias que colaboram com a formação dos estudantes: Viagens É muito comum que as famílias façam viagens para locais diferentes durante as férias. Essa pode ser uma oportunidade de estimular o cérebro do filho a criar novas conexões. Nesta ocasião, uma dica é abordar com eles as diferenças culturais do local visitado, caso a viagem seja para outro país ou até outra região do Brasil. E estimulá-los a ter atenção com as novidades do lugar, observando a geografia e história do local ao visitar pontos turísticos. Crie origamis Além de ser um estímulo tátil muito agradável, fazer essa atividade pode ajudar o estudante a desenvolver mais concentração, coordenação motora porque estimula o lóbulo frontal do cérebro, que é a área responsável por funções como planejamento, atenção e resolução de problemas. Faça uma atividade de jardinagem Seja em casa mesmo ou durante as viagens para locais de natureza, essa atividade também é considerada muito valiosa para a saúde mental, ajudando a reduzir o estresse e proporcionando diversas melhorias cognitivas, como foco e atenção. Além disso, é uma ótima oportunidade para desenvolver a paciência, determinação e entendimento quanto aos processos e fases da vida. Sessões de jogos Essas atividades exercitam o cérebro, sejam os videogames, xadrez ou jogos de tabuleiro, como Banco Imobiliário, Clue, War, Academia, Batalha Naval e vários outros. Ao jogar, podem estimular habilidades cognitivas e socioemocionais, como linguagem, tomada de decisão, memória, concentração e raciocínio. Visitas a museus e exposições As visitas aos museus sempre são oportunidades incríveis de aumentar a bagagem intelectual. Em São José dos Campos, há alguns locais muito bacanas para frequentar com os estudantes, como Museu de Arte Sacra, Museu Municipal, Museu do Folclore , Memorial Aeroespacial, Museu do Esporte, etc. Para as famílias que querem aproveitar para fazer uma viagem curta, também é possível frequentar locais muito interessantes em São Paulo, como os museus. Em boa parte deles, há exposições que valem a visita: Museu do Futebol; Museu de Ciências Catavento; Planeta Inseto (Museu Biológico); Museu de Zoologia da USP; Museu da Imaginação; Masp; Museu de Arte Moderna; Pinacoteca; Museu da Língua Portuguesa; Sescs, etc. Outras exposições interessantes para frequentar nas férias: Playmode (Centro Cultural Banco do Brasil), que traz uma abordagem diferenciada para os jogos e até permite que os visitantes joguem também; Mostra internacional “Frida Kahlo – A Vida de um Ícone” (local a ser definido) “Vinicius de Moraes – Por Toda Minha Vida” (Farol Santander). Observatório de Astronomia da Univap O objetivo do local é estimular a curiosidade pelas ciências exatas. O espaço promove eventos gratuitos e regulares de observação do céu, sempre acompanhados de uma palestra sobre um tema astronômico. Miniobservatório Astronômico do Inpe O local permite observações astronômicas a distância, via internet, e também um programa de visitação presencial. A visitação regular é constituída da visualização de astros com telescópio, caso as condições do céu permitam, e quando possível por uma palestra sobre um tema astronômico. Leitura em família Pesquisas revelaram que os estudantes que crescem em famílias que têm mais livros em casa são mais propensos a frequentar a faculdade e passar mais tempo na educação formal, porque são expostos a pensamentos que valorizam o aprendizado. Mas, além disso, a importância da leitura em família é muito grande porque ler em voz alta ajuda no vínculo humano e cultivo de relacionamento porque é uma forma de passar um tempo de qualidade juntos. Aproveite as férias para fazer sessões de leitura em grupo e reforçar esses vínculos, independentemente da idade dos filhos. Faça trilhas Outra dica de atividades interessantes para fazer com os filhos nas férias são as trilhas, que também trabalham aspectos cognitivos. Pesquisas revelam que caminhar traz inúmeros benefícios, como fortalecer a memória, melhorar o sistema circulatório, liberar endorfinas, aumentar a energia do corpo e até melhorar a qualidade do sono. As trilhas permitem esses benefícios físicos e ainda ajudam a desestressar, criar vínculos e descobrir novos locais. Na região, tem vários locais onde podem ser realizadas trilhas em família, tanto em praias como na montanha, algumas até têm cachoeiras em sua rota. Conheça algumas: Trilha do Ouro (São José do Barreiro); Trilha da Pedra da Macela (Cunha); Trilha da Praia do Bonete (Ilhabela); Trilha da Cachoeira do Bracuí (Bananal) Trilha das 7 Praias (Ubatuba); Trilha do Pico dos Marins (Piquete); Trilha do Poço Azul (Lavrinhas). Sempre vale lembrar que é interessante buscar mais informações sobre os lugares, para entender o nível da trilha e os detalhes do percurso, para saber se é compatível com a idade dos filhos, além de não esquecer de levar protetor solar, repelente e usar calçados e roupas adequadas. Dica bônus Procure participar junto com os filhos dessas atividades de férias que colaboram com a formação deles. Será um período de convívio de qualidade, sem a limitação do relógio, que será uma oportunidade para estreitar os laços, colocar as conversas em dia e até descobrir novas preferências e gostos dos seus próprios filhos.

Apesar de ser um período de descanso, as férias também podem ser um momento de participar de atividades agradáveis e divertidas que colaboram com a formação do estudante. 

Veja neste texto, dicas de atividades que vão contribuir para enriquecer a bagagem intelectual e as habilidades socioemocionais neste período.

Por que as atividades de férias são valiosas para a formação?

Especialmente depois de um ano inteiro cheio de atividades, sabemos que as férias são importantes para fazer uma pausa para a mente e para o corpo, o que permite renovar energias e até ideias, além de desestressar.

Essa pausa funciona como um meio para melhorar a capacidade de concentração e de processamento de informações, além de estimular até o pensamento lógico. Então, que tal aproveitar esse descanso para fazer algo que seja divertido, relaxante e também esteja apresentando novidades ao cérebro?

São muitas as atividades de férias que os estudantes das variadas faixas etárias podem fazer nas férias para contribuir com a própria formação intelectual e socioemocional, ao mesmo tempo que saem dessa linha de tempo de compromissos escolares.

Esse período com mais folga de horas permite que os pais e responsáveis também exponham os estudantes às áreas de disciplina com uma abordagem diferente, por exemplo, com idas a museus de ciências, história ou arte, além de estimular habilidades essenciais no século 21, como a resolução de problemas.

Veja nossas dicas de atividades de férias que colaboram com a formação dos estudantes:

Leia mais:

Viagens

É muito comum que as famílias façam viagens para locais diferentes durante as férias. Essa pode ser uma oportunidade de estimular o cérebro do filho a criar novas conexões.

Nesta ocasião, uma dica é abordar com eles as diferenças culturais do local visitado, caso a viagem seja para outro país ou até outra região do Brasil. E estimulá-los a ter atenção com as novidades do lugar, observando a geografia e história do local ao visitar pontos turísticos.

Crie origamis

Além de ser um estímulo tátil muito agradável, fazer essa atividade pode ajudar o estudante a desenvolver mais concentração, coordenação motora porque estimula o lóbulo frontal do cérebro, que é a área responsável por funções como planejamento, atenção e resolução de problemas.

Apesar de ser um período de descanso, as férias também podem ser um momento de participar de atividades de férias agradáveis e divertidas que colaboram com a formação do estudante. Veja neste texto, dicas de atividades que vão contribuir para enriquecer a bagagem intelectual e as habilidades socioemocionais neste período. Por que as atividades de férias são valiosas para a formação? Especialmente depois de um ano inteiro cheio de atividades, sabemos que as férias são importantes para fazer uma pausa para a mente e para o corpo, o que permite renovar energias e até ideias, além de desestressar. Essa pausa funciona como um meio para melhorar a capacidade de concentração e de processamento de informações, além de estimular até o pensamento lógico. Então, que tal aproveitar esse descanso para fazer algo que seja divertido, relaxante e também esteja apresentando novidades ao cérebro? São muitas as atividades de lazer que os estudantes das variadas faixas etárias podem fazer nas férias para contribuir com a própria formação intelectual e socioemocional, ao mesmo tempo que saem dessa linha de tempo de compromissos escolares. Esse período com mais folga de horas permite que os pais e responsáveis também exponham os estudantes às áreas de disciplina com uma abordagem diferente, por exemplo, com idas a museus de ciências, história ou arte, além de estimular habilidades essenciais no século 21, como a resolução de problemas. Veja nossas dicas de atividades de férias que colaboram com a formação dos estudantes: Viagens É muito comum que as famílias façam viagens para locais diferentes durante as férias. Essa pode ser uma oportunidade de estimular o cérebro do filho a criar novas conexões. Nesta ocasião, uma dica é abordar com eles as diferenças culturais do local visitado, caso a viagem seja para outro país ou até outra região do Brasil. E estimulá-los a ter atenção com as novidades do lugar, observando a geografia e história do local ao visitar pontos turísticos. Crie origamis Além de ser um estímulo tátil muito agradável, fazer essa atividade pode ajudar o estudante a desenvolver mais concentração, coordenação motora porque estimula o lóbulo frontal do cérebro, que é a área responsável por funções como planejamento, atenção e resolução de problemas. Faça uma atividade de jardinagem Seja em casa mesmo ou durante as viagens para locais de natureza, essa atividade também é considerada muito valiosa para a saúde mental, ajudando a reduzir o estresse e proporcionando diversas melhorias cognitivas, como foco e atenção. Além disso, é uma ótima oportunidade para desenvolver a paciência, determinação e entendimento quanto aos processos e fases da vida. Sessões de jogos Essas atividades exercitam o cérebro, sejam os videogames, xadrez ou jogos de tabuleiro, como Banco Imobiliário, Clue, War, Academia, Batalha Naval e vários outros. Ao jogar, podem estimular habilidades cognitivas e socioemocionais, como linguagem, tomada de decisão, memória, concentração e raciocínio. Visitas a museus e exposições As visitas aos museus sempre são oportunidades incríveis de aumentar a bagagem intelectual. Em São José dos Campos, há alguns locais muito bacanas para frequentar com os estudantes, como Museu de Arte Sacra, Museu Municipal, Museu do Folclore , Memorial Aeroespacial, Museu do Esporte, etc. Para as famílias que querem aproveitar para fazer uma viagem curta, também é possível frequentar locais muito interessantes em São Paulo, como os museus. Em boa parte deles, há exposições que valem a visita: Museu do Futebol; Museu de Ciências Catavento; Planeta Inseto (Museu Biológico); Museu de Zoologia da USP; Museu da Imaginação; Masp; Museu de Arte Moderna; Pinacoteca; Museu da Língua Portuguesa; Sescs, etc. Outras exposições interessantes para frequentar nas férias: Playmode (Centro Cultural Banco do Brasil), que traz uma abordagem diferenciada para os jogos e até permite que os visitantes joguem também; Mostra internacional “Frida Kahlo – A Vida de um Ícone” (local a ser definido) “Vinicius de Moraes – Por Toda Minha Vida” (Farol Santander). Observatório de Astronomia da Univap O objetivo do local é estimular a curiosidade pelas ciências exatas. O espaço promove eventos gratuitos e regulares de observação do céu, sempre acompanhados de uma palestra sobre um tema astronômico. Miniobservatório Astronômico do Inpe O local permite observações astronômicas a distância, via internet, e também um programa de visitação presencial. A visitação regular é constituída da visualização de astros com telescópio, caso as condições do céu permitam, e quando possível por uma palestra sobre um tema astronômico. Leitura em família Pesquisas revelaram que os estudantes que crescem em famílias que têm mais livros em casa são mais propensos a frequentar a faculdade e passar mais tempo na educação formal, porque são expostos a pensamentos que valorizam o aprendizado. Mas, além disso, a importância da leitura em família é muito grande porque ler em voz alta ajuda no vínculo humano e cultivo de relacionamento porque é uma forma de passar um tempo de qualidade juntos. Aproveite as férias para fazer sessões de leitura em grupo e reforçar esses vínculos, independentemente da idade dos filhos. Faça trilhas Outra dica de atividades interessantes para fazer com os filhos nas férias são as trilhas, que também trabalham aspectos cognitivos. Pesquisas revelam que caminhar traz inúmeros benefícios, como fortalecer a memória, melhorar o sistema circulatório, liberar endorfinas, aumentar a energia do corpo e até melhorar a qualidade do sono. As trilhas permitem esses benefícios físicos e ainda ajudam a desestressar, criar vínculos e descobrir novos locais. Na região, tem vários locais onde podem ser realizadas trilhas em família, tanto em praias como na montanha, algumas até têm cachoeiras em sua rota. Conheça algumas: Trilha do Ouro (São José do Barreiro); Trilha da Pedra da Macela (Cunha); Trilha da Praia do Bonete (Ilhabela); Trilha da Cachoeira do Bracuí (Bananal) Trilha das 7 Praias (Ubatuba); Trilha do Pico dos Marins (Piquete); Trilha do Poço Azul (Lavrinhas). Sempre vale lembrar que é interessante buscar mais informações sobre os lugares, para entender o nível da trilha e os detalhes do percurso, para saber se é compatível com a idade dos filhos, além de não esquecer de levar protetor solar, repelente e usar calçados e roupas adequadas. Dica bônus Procure participar junto com os filhos dessas atividades de férias que colaboram com a formação deles. Será um período de convívio de qualidade, sem a limitação do relógio, que será uma oportunidade para estreitar os laços, colocar as conversas em dia e até descobrir novas preferências e gostos dos seus próprios filhos.

Faça uma atividade de jardinagem

Seja em casa mesmo ou durante as viagens para locais de natureza, essa atividade também é considerada muito valiosa para a saúde mental, ajudando a reduzir o estresse e proporcionando diversas melhorias cognitivas, como foco e atenção.

Além disso, é uma ótima oportunidade para desenvolver a paciência, determinação e entendimento quanto aos processos e fases da vida.

Sessões de jogos

Essas atividades exercitam o cérebro, sejam os videogames, xadrez ou jogos de tabuleiro, como Banco Imobiliário, Clue, War, Academia, Batalha Naval e vários outros. 

Ao jogar, podem estimular habilidades cognitivas e socioemocionais, como linguagem, tomada de decisão, memória, concentração e raciocínio.

campanha de matrículas 2023

Visitas a museus e exposições

As visitas aos museus sempre são oportunidades incríveis de aumentar a bagagem intelectual. Em São José dos Campos, há alguns locais muito bacanas para frequentar com os estudantes, como Museu de Arte Sacra, Museu Municipal, Museu do Folclore , Memorial Aeroespacial, Museu do Esporte, etc.

Para as famílias que querem aproveitar para fazer uma viagem curta, também é possível frequentar locais muito interessantes em São Paulo, como os museus. Em boa parte deles, há exposições que valem a visita:

  • Museu do Futebol;
  • Museu de Ciências Catavento;
  • Planeta Inseto (Museu Biológico);
  • Museu de Zoologia da USP;
  • Museu da Imaginação;
  • Masp;
  • Museu de Arte Moderna;
  • Pinacoteca;
  • Museu da Língua Portuguesa;
  • Sescs, etc.

Outras exposições interessantes para frequentar nas férias:

  • Playmode (Centro Cultural Banco do Brasil), que traz uma abordagem diferenciada para os jogos e até permite que os visitantes joguem também; 
  • Mostra internacional “Frida Kahlo – A Vida de um Ícone” (local a ser definido)
  • “Vinicius de Moraes – Por Toda Minha Vida” (Farol Santander).

Observatório de Astronomia da Univap

O objetivo do local é estimular a curiosidade pelas ciências exatas. O espaço promove eventos gratuitos e regulares de observação do céu, sempre acompanhados de uma palestra sobre um tema astronômico.

Miniobservatório Astronômico do Inpe

O local permite observações astronômicas a distância, via internet, e também  um programa de visitação presencial.

A visitação regular é constituída da visualização de astros com telescópio, caso as condições do céu permitam, e quando possível por uma palestra sobre um tema astronômico.

Leitura em família

Pesquisas revelaram que os estudantes que crescem em famílias que têm mais livros em casa são mais propensos a frequentar a faculdade e passar mais tempo na educação formal, porque são expostos a pensamentos que valorizam o aprendizado.

Mas, além disso, a importância da leitura em família é muito grande porque ler em voz alta ajuda no vínculo humano e cultivo de relacionamento porque é uma forma de passar um tempo de qualidade juntos.

Aproveite as férias para fazer sessões de leitura em grupo e reforçar esses vínculos, independentemente da idade dos filhos.

Faça trilhas

Apesar de ser um período de descanso, as férias também podem ser um momento de participar de atividades agradáveis e divertidas que colaboram com a formação do estudante. Veja neste texto, dicas de atividades que vão contribuir para enriquecer a bagagem intelectual e as habilidades socioemocionais neste período. Por que as atividades de férias são valiosas para a formação? Especialmente depois de um ano inteiro cheio de atividades, sabemos que as férias são importantes para fazer uma pausa para a mente e para o corpo, o que permite renovar energias e até ideias, além de desestressar. Essa pausa funciona como um meio para melhorar a capacidade de concentração e de processamento de informações, além de estimular até o pensamento lógico. Então, que tal aproveitar esse descanso para fazer algo que seja divertido, relaxante e também esteja apresentando novidades ao cérebro? São muitas as atividades de férias que os estudantes das variadas faixas etárias podem fazer nas férias para contribuir com a própria formação intelectual e socioemocional, ao mesmo tempo que saem dessa linha de tempo de compromissos escolares. Esse período com mais folga de horas permite que os pais e responsáveis também exponham os estudantes às áreas de disciplina com uma abordagem diferente, por exemplo, com idas a museus de ciências, história ou arte, além de estimular habilidades essenciais no século 21, como a resolução de problemas. Veja nossas dicas de atividades de férias que colaboram com a formação dos estudantes: Viagens É muito comum que as famílias façam viagens para locais diferentes durante as férias. Essa pode ser uma oportunidade de estimular o cérebro do filho a criar novas conexões. Nesta ocasião, uma dica é abordar com eles as diferenças culturais do local visitado, caso a viagem seja para outro país ou até outra região do Brasil. E estimulá-los a ter atenção com as novidades do lugar, observando a geografia e história do local ao visitar pontos turísticos. Crie origamis Além de ser um estímulo tátil muito agradável, fazer essa atividade pode ajudar o estudante a desenvolver mais concentração, coordenação motora porque estimula o lóbulo frontal do cérebro, que é a área responsável por funções como planejamento, atenção e resolução de problemas. Faça uma atividade de jardinagem Seja em casa mesmo ou durante as viagens para locais de natureza, essa atividade também é considerada muito valiosa para a saúde mental, ajudando a reduzir o estresse e proporcionando diversas melhorias cognitivas, como foco e atenção. Além disso, é uma ótima oportunidade para desenvolver a paciência, determinação e entendimento quanto aos processos e fases da vida. Sessões de jogos Essas atividades exercitam o cérebro, sejam os videogames, xadrez ou jogos de tabuleiro, como Banco Imobiliário, Clue, War, Academia, Batalha Naval e vários outros. Ao jogar, podem estimular habilidades cognitivas e socioemocionais, como linguagem, tomada de decisão, memória, concentração e raciocínio. Visitas a museus e exposições As visitas aos museus sempre são oportunidades incríveis de aumentar a bagagem intelectual. Em São José dos Campos, há alguns locais muito bacanas para frequentar com os estudantes, como Museu de Arte Sacra, Museu Municipal, Museu do Folclore , Memorial Aeroespacial, Museu do Esporte, etc. Para as famílias que querem aproveitar para fazer uma viagem curta, também é possível frequentar locais muito interessantes em São Paulo, como os museus. Em boa parte deles, há exposições que valem a visita: Museu do Futebol; Museu de Ciências Catavento; Planeta Inseto (Museu Biológico); Museu de Zoologia da USP; Museu da Imaginação; Masp; Museu de Arte Moderna; Pinacoteca; Museu da Língua Portuguesa; Sescs, etc. Outras exposições interessantes para frequentar nas férias: Playmode (Centro Cultural Banco do Brasil), que traz uma abordagem diferenciada para os jogos e até permite que os visitantes joguem também; Mostra internacional “Frida Kahlo – A Vida de um Ícone” (local a ser definido) “Vinicius de Moraes – Por Toda Minha Vida” (Farol Santander). Observatório de Astronomia da Univap O objetivo do local é estimular a curiosidade pelas ciências exatas. O espaço promove eventos gratuitos e regulares de observação do céu, sempre acompanhados de uma palestra sobre um tema astronômico. Miniobservatório Astronômico do Inpe O local permite observações astronômicas a distância, via internet, e também um programa de visitação presencial. A visitação regular é constituída da visualização de astros com telescópio, caso as condições do céu permitam, e quando possível por uma palestra sobre um tema astronômico. Leitura em família Pesquisas revelaram que os estudantes que crescem em famílias que têm mais livros em casa são mais propensos a frequentar a faculdade e passar mais tempo na educação formal, porque são expostos a pensamentos que valorizam o aprendizado. Mas, além disso, a importância da leitura em família é muito grande porque ler em voz alta ajuda no vínculo humano e cultivo de relacionamento porque é uma forma de passar um tempo de qualidade juntos. Aproveite as férias para fazer sessões de leitura em grupo e reforçar esses vínculos, independentemente da idade dos filhos. Faça trilhas Outra dica de atividades interessantes para fazer com os filhos nas férias são as trilhas, que também trabalham aspectos cognitivos. Pesquisas revelam que caminhar traz inúmeros benefícios, como fortalecer a memória, melhorar o sistema circulatório, liberar endorfinas, aumentar a energia do corpo e até melhorar a qualidade do sono. As trilhas permitem esses benefícios físicos e ainda ajudam a desestressar, criar vínculos e descobrir novos locais. Na região, tem vários locais onde podem ser realizadas trilhas em família, tanto em praias como na montanha, algumas até têm cachoeiras em sua rota. Conheça algumas: Trilha do Ouro (São José do Barreiro); Trilha da Pedra da Macela (Cunha); Trilha da Praia do Bonete (Ilhabela); Trilha da Cachoeira do Bracuí (Bananal) Trilha das 7 Praias (Ubatuba); Trilha do Pico dos Marins (Piquete); Trilha do Poço Azul (Lavrinhas). Sempre vale lembrar que é interessante buscar mais informações sobre os lugares, para entender o nível da trilha e os detalhes do percurso, para saber se é compatível com a idade dos filhos, além de não esquecer de levar protetor solar, repelente e usar calçados e roupas adequadas. Dica bônus Procure participar junto com os filhos dessas atividades de férias que colaboram com a formação deles. Será um período de convívio de qualidade, sem a limitação do relógio, que será uma oportunidade para estreitar os laços, colocar as conversas em dia e até descobrir novas preferências e gostos dos seus próprios filhos.

Outra dica de atividades de férias interessantes para fazer com os filhos nas férias são as trilhas, que também trabalham aspectos cognitivos. 

Pesquisas revelam que caminhar traz inúmeros benefícios, como fortalecer a memória, melhorar o sistema circulatório, liberar endorfinas, aumentar a energia do corpo e até melhorar a qualidade do sono.

As trilhas permitem esses benefícios físicos e ainda ajudam a desestressar, criar vínculos e descobrir novos locais. 

Na região, tem vários locais onde podem ser realizadas trilhas em família, tanto em praias como na montanha, algumas até têm cachoeiras em sua rota. Conheça algumas: 

  • Trilha do Ouro (São José do Barreiro);
  • Trilha da Pedra da Macela (Cunha);
  • Trilha da Praia do Bonete (Ilhabela);
  • Trilha da Cachoeira do Bracuí (Bananal);
  • Trilha das 7 Praias (Ubatuba);
  • Trilha do Pico dos Marins (Piquete);
  • Trilha do Poço Azul (Lavrinhas).

Sempre vale lembrar que é interessante buscar mais informações sobre os lugares, para entender o nível da trilha e os detalhes do percurso, para saber se é compatível com a idade dos filhos, além de não esquecer de levar protetor solar, repelente e usar calçados e roupas adequadas.

Dica bônus para as atividades de férias

Procure participar junto com os filhos dessas atividades de férias que colaboram com a formação deles. 

Será um período de convívio de qualidade, sem a limitação do relógio, que será uma oportunidade para estreitar os laços, colocar as conversas em dia e até descobrir novas preferências e gostos dos seus próprios filhos. 

Compartilhe:

Compartilhe:

Leia também:

O Ensino Fundamental 2 é um período de aprendizagem importante para as crianças e pré-adolescentes, pois marca sua passagem para um mundo com mais responsabilidades e deveres, que caminha junto a mudanças físicas e neurológicas. No ambiente escolar, os estudantes deparam-se com novos desafios, mas também com novas oportunidades e paixões. É neste momento que suas vozes despertam e começam a descobrir-se como pessoas.

Ensino fundamental 2: o que esperar?

O Ensino Fundamental 2 é um período de aprendizagem importante para as crianças e pré-adolescentes, pois marca sua passagem para um mundo com mais responsabilidades

Translate »