Falar em público: como formar estudantes confiantes?

Conteúdo

Diversos estudos já comprovaram que falar em público é um dos maiores medos das pessoas. Por outro lado, é uma habilidade muito exigida para os melhores líderes. Veja neste texto, a importância de falar bem em público e o que o Colégio Planck faz para desenvolver e aperfeiçoar essa competência. Por que é importante saber falar em público? A comunicação é uma habilidade que abre portas para as pessoas, seja no âmbito pessoal ou profissional, pode ajudar a motivar mudanças e até influenciar decisões, ou seja, é fundamental para os líderes. Não à toa, é uma das competências que são mais solicitadas para o mercado de trabalho. Saber falar em público é um ponto positivo a mais para quem desenvolve uma boa comunicação, porque no dia a dia são muitas as situações que exigem essa competência. Desde o período escolar, essa habilidade é muito útil para se expressar melhor, oferecendo mais clareza na manifestação das falas. Duas definições podem ajudar a entender melhor sobre falar em público, de acordo com o dicionário Merriam-Webster é : “O ato ou processo de fazer discursos em público” ou “a arte da comunicação oral eficaz com os outros”. Porém, podem existir até outras formas de definir bem essa habilidade. No Colégio, falar bem em público é muito importante para apresentação de trabalhos em grupos ou até mesmo em projetos específicos que exijam essa habilidade, em evento como o Summit de Startup e Empreendedorismo, do Colégio Planck, na apresentação de dúvidas para os professores e até no esclarecimento de pontos de vista entre os colegas. No período universitário, será imprescindível pelas mesmas situações e para a defesa de TCCs. Além disso, é um preparo essencial para as situações profissionais do futuro. Conheça 3 benefícios de saber falar em público: Alcançar as pessoas rapidamente Quem sabe falar bem expõe melhor os seus pontos de vista e espalha o seu argumento com mais eficácia. Assim, aumenta a chance de conquistar adesões à sua fala, independente do tamanho do seu público, que pode estar tanto em uma palestra presencial ou nas mídias sociais. Criar conexões sociais Quando uma pessoa fala bem em público ela também aumenta as suas conexões sociais, facilitando a associação com pessoas que compartilham dos mesmos interesses. Desenvolve habilidades de liderança Um bom orador é visto como um bom líder porque sabe comunicar a sua mensagem com confiança e paixão, chamando a atenção das pessoas e influenciando-as a concordarem com suas explanações e até modificando os próprios pontos de vista. Por que as pessoas têm tanto medo de falar em público? Medo de falar em público tem até nome: glossofobia. Mas o que as pessoas temem? Geralmente, sentem medo da exposição pública e de errar, ou seja, falta confiança. O medo é tão grande que pesquisas já revelaram que muitos adultos sentem mais medo de falar em público do que contrair dívida ou morrer. Isso foi o que foi constatado em uma pesquisa publicada no jornal britânico Sunday Times. Outra pesquisa realizada com 1.124 estudantes pela Universidade Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) dentro do Programa de Pós-graduação em Ciências Fonoaudiológicas, 59,7% dos universitários também sentem medo de falar em público, aumentando os níveis de ansiedade, com manifestação de sintomas como taquicardia ou respiração ofegante. Segundo estudiosos, a melhor forma de driblar esse medo que é tão comum, é se preparar para falar diante de plateias. Dizem que foi isso que fez o político Demóstenes (384 a.C. - 322 a.C), que foi considerado o maior orador de Atenas. Demóstenes era gago, não tinha fala bonita e não sabia falar bem. Então, o que ele fez? Treinou, treinou, treinou e treinou para driblar as suas deficiências. Para quem quer seguir o exemplo dele, vale seguir essas dicas: Trabalhe a capacidade de ouvir, porque um bom orador, também costuma ser um bom ouvinte; Conheça bem o assunto sobre o qual vai falar e o público; Faça um roteiro do que vai falar; Treine o que vai falar em voz alta e sozinho, trabalhando a sua articulação; Se possível, faça aulas que ajudem na oratória; Fale de forma calma e pausada; Tente ser o mais natural possível e não forçar uma postura que não é própria de si mesmo, etc. Como o Planck prepara os estudantes para falar com o público? O Colégio Planck tem entre os seus pilares, o desenvolvimento das habilidades socioemocionais. Assim, em suas variadas atividades estimula que os estudantes desenvolvam competências que serão importantes para o sucesso de seus projetos acadêmicos e da vida. Para a habilidade de comunicação, ajuda os estudantes a melhorar a oralidade e falar bem em público com a aula semanal do Clube de Debates. Quando o Colégio proporciona um ambiente seguro, em que os estudantes possam se expressar, melhorar a postura e treinar a retórica, eles aprendem a se manifestar com mais confiança e naturalidade. Na dinâmica da aula, um tema é escolhido e os estudantes são separados em grupos para que cada um defenda o seu ponto de vista. Há também outros que são treinados para fazer a mediação. Com o Clube de Debates, os estudantes refinam a habilidade de comunicação, de pensamento crítico, autoconfiança, capacidade de argumentação e refutação, criatividade e inteligência emocional. Contribuindo para um melhor controle das próprias emoções no momento de falar em público.

Diversos estudos já comprovaram que falar em público é um dos maiores medos das pessoas. Por outro lado, é uma habilidade muito exigida para os melhores líderes.

Veja neste texto, a importância de falar bem em público e o que o Colégio Planck faz para desenvolver e aperfeiçoar essa competência.

Por que é importante saber falar em público?

A comunicação é uma habilidade que abre portas para as pessoas, seja no âmbito pessoal ou profissional, pode ajudar a motivar mudanças e até influenciar decisões, ou seja, é fundamental para os líderes. Não à toa, é uma das competências que são mais solicitadas para o mercado de trabalho.

Saber falar em público é um ponto positivo a mais para quem desenvolve uma boa comunicação, porque no dia a dia são muitas as situações que exigem essa competência. Desde o período escolar, essa habilidade é muito útil para se expressar melhor, oferecendo mais clareza na manifestação das falas.

Duas definições podem ajudar a entender melhor sobre falar em público, de acordo com o dicionário Merriam-Webster é : “O ato ou processo de fazer discursos em público” ou “a arte da comunicação oral eficaz com os outros”. Porém, podem existir até outras formas de definir bem essa habilidade.

No Colégio, falar bem em público é muito importante para apresentação de trabalhos em grupos ou até mesmo em projetos específicos que exijam essa habilidade, em evento como o Summit de Startup e Empreendedorismo, do Colégio Planck, na apresentação de dúvidas para os professores e até no esclarecimento de pontos de vista entre os colegas.

No período universitário, será imprescindível pelas mesmas situações e para a defesa de TCCs. Além disso, é um preparo essencial para as situações profissionais do futuro.

Diversos estudos já comprovaram que falar em público é um dos maiores medos das pessoas. Por outro lado, é uma habilidade muito exigida para os melhores líderes. Veja neste texto, a importância de falar bem em público e o que o Colégio Planck faz para desenvolver e aperfeiçoar essa competência. Por que é importante saber falar em público? A comunicação é uma habilidade que abre portas para as pessoas, seja no âmbito pessoal ou profissional, pode ajudar a motivar mudanças e até influenciar decisões, ou seja, é fundamental para os líderes. Não à toa, é uma das competências que são mais solicitadas para o mercado de trabalho. Saber falar em público é um ponto positivo a mais para quem desenvolve uma boa comunicação, porque no dia a dia são muitas as situações que exigem essa competência. Desde o período escolar, essa habilidade é muito útil para se expressar melhor, oferecendo mais clareza na manifestação das falas. Duas definições podem ajudar a entender melhor sobre falar em público, de acordo com o dicionário Merriam-Webster é : “O ato ou processo de fazer discursos em público” ou “a arte da comunicação oral eficaz com os outros”. Porém, podem existir até outras formas de definir bem essa habilidade. No Colégio, falar bem em público é muito importante para apresentação de trabalhos em grupos ou até mesmo em projetos específicos que exijam essa habilidade, em evento como o Summit de Startup e Empreendedorismo, do Colégio Planck, na apresentação de dúvidas para os professores e até no esclarecimento de pontos de vista entre os colegas. No período universitário, será imprescindível pelas mesmas situações e para a defesa de TCCs. Além disso, é um preparo essencial para as situações profissionais do futuro. Conheça 3 benefícios de saber falar em público: Alcançar as pessoas rapidamente Quem sabe falar bem expõe melhor os seus pontos de vista e espalha o seu argumento com mais eficácia. Assim, aumenta a chance de conquistar adesões à sua fala, independente do tamanho do seu público, que pode estar tanto em uma palestra presencial ou nas mídias sociais. Criar conexões sociais Quando uma pessoa fala bem em público ela também aumenta as suas conexões sociais, facilitando a associação com pessoas que compartilham dos mesmos interesses. Desenvolve habilidades de liderança Um bom orador é visto como um bom líder porque sabe comunicar a sua mensagem com confiança e paixão, chamando a atenção das pessoas e influenciando-as a concordarem com suas explanações e até modificando os próprios pontos de vista. Por que as pessoas têm tanto medo de falar em público? Medo de falar em público tem até nome: glossofobia. Mas o que as pessoas temem? Geralmente, sentem medo da exposição pública e de errar, ou seja, falta confiança. O medo é tão grande que pesquisas já revelaram que muitos adultos sentem mais medo de falar em público do que contrair dívida ou morrer. Isso foi o que foi constatado em uma pesquisa publicada no jornal britânico Sunday Times. Outra pesquisa realizada com 1.124 estudantes pela Universidade Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) dentro do Programa de Pós-graduação em Ciências Fonoaudiológicas, 59,7% dos universitários também sentem medo de falar em público, aumentando os níveis de ansiedade, com manifestação de sintomas como taquicardia ou respiração ofegante. Segundo estudiosos, a melhor forma de driblar esse medo que é tão comum, é se preparar para falar diante de plateias. Dizem que foi isso que fez o político Demóstenes (384 a.C. - 322 a.C), que foi considerado o maior orador de Atenas. Demóstenes era gago, não tinha fala bonita e não sabia falar bem. Então, o que ele fez? Treinou, treinou, treinou e treinou para driblar as suas deficiências. Para quem quer seguir o exemplo dele, vale seguir essas dicas: Trabalhe a capacidade de ouvir, porque um bom orador, também costuma ser um bom ouvinte; Conheça bem o assunto sobre o qual vai falar e o público; Faça um roteiro do que vai falar; Treine o que vai falar em voz alta e sozinho, trabalhando a sua articulação; Se possível, faça aulas que ajudem na oratória; Fale de forma calma e pausada; Tente ser o mais natural possível e não forçar uma postura que não é própria de si mesmo, etc. Como o Planck prepara os estudantes para falar com o público? O Colégio Planck tem entre os seus pilares, o desenvolvimento das habilidades socioemocionais. Assim, em suas variadas atividades estimula que os estudantes desenvolvam competências que serão importantes para o sucesso de seus projetos acadêmicos e da vida. Para a habilidade de comunicação, ajuda os estudantes a melhorar a oralidade e falar bem em público com a aula semanal do Clube de Debates. Quando o Colégio proporciona um ambiente seguro, em que os estudantes possam se expressar, melhorar a postura e treinar a retórica, eles aprendem a se manifestar com mais confiança e naturalidade. Na dinâmica da aula, um tema é escolhido e os estudantes são separados em grupos para que cada um defenda o seu ponto de vista. Há também outros que são treinados para fazer a mediação. Com o Clube de Debates, os estudantes refinam a habilidade de comunicação, de pensamento crítico, autoconfiança, capacidade de argumentação e refutação, criatividade e inteligência emocional. Contribuindo para um melhor controle das próprias emoções no momento de falar em público.

Conheça 3 benefícios de saber falar em público:

Atingir um público maior com eficiência

Quem sabe falar bem expõe melhor os seus pontos de vista e espalha o seu argumento com mais eficácia. Assim, aumenta a chance de conquistar adesões à sua fala, independente do tamanho do seu público, que pode estar tanto em uma palestra presencial ou nas mídias sociais.

Criar conexões sociais

Quando uma pessoa fala bem em público ela também aumenta as suas conexões sociais, facilitando a associação com pessoas que compartilham dos mesmos interesses. 

Desenvolve habilidades de liderança

Um bom orador é visto como um bom líder porque sabe comunicar a sua mensagem com confiança e paixão, chamando a atenção das pessoas e influenciando-as a concordarem com suas explanações e até modificando os próprios pontos de vista.

infográfico sobre o novo ensino médio do colégio Planck

Por que as pessoas têm tanto medo de falar em público?

Medo de falar em público tem até nome: glossofobia. Mas o que as pessoas temem? Geralmente, sentem medo da exposição pública e de errar, ou seja, falta confiança. 

O medo é tão grande que pesquisas já revelaram que muitos adultos sentem mais medo de falar em público do que contrair dívida ou morrer. Isso foi o que foi constatado em uma pesquisa publicada no jornal britânico Sunday Times.

Outra pesquisa realizada com 1.124 estudantes pela Universidade Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) dentro do Programa de Pós-graduação em Ciências Fonoaudiológicas, 59,7% dos universitários também sentem medo de falar em público, aumentando os níveis de ansiedade, com manifestação de sintomas como taquicardia ou respiração ofegante.

Segundo estudiosos, a melhor forma de driblar esse medo que é tão comum, é se preparar para falar diante de plateias. Dizem que foi isso que fez o político Demóstenes  (384 a.C. – 322 a.C), que foi considerado o maior orador de Atenas. 

Demóstenes era gago, não tinha fala bonita e não sabia falar bem. Então, o que ele fez? Treinou, treinou, treinou e treinou para driblar as suas deficiências.

Para quem quer seguir o exemplo dele, vale seguir essas dicas:

  • Trabalhe a capacidade de ouvir, porque um bom orador, também costuma ser um bom ouvinte;
  • Conheça bem o assunto sobre o qual vai falar e o público;
  • Faça um roteiro do que vai falar;
  • Treine o que vai falar em voz alta e sozinho, trabalhando a sua articulação;
  • Se possível, faça aulas que ajudem na oratória;
  • Fale de forma calma e pausada;
  • Tente ser o mais natural possível e não forçar uma postura que não é própria de si mesmo, etc.

Como o Planck prepara os estudantes para falar com o público?

Diversos estudos já comprovaram que falar em público é um dos maiores medos das pessoas. Por outro lado, é uma habilidade muito exigida para os melhores líderes. Veja neste texto, a importância de falar bem em público e o que o Colégio Planck faz para desenvolver e aperfeiçoar essa competência. Por que é importante saber falar em público? A comunicação é uma habilidade que abre portas para as pessoas, seja no âmbito pessoal ou profissional, pode ajudar a motivar mudanças e até influenciar decisões, ou seja, é fundamental para os líderes. Não à toa, é uma das competências que são mais solicitadas para o mercado de trabalho. Saber falar em público é um ponto positivo a mais para quem desenvolve uma boa comunicação, porque no dia a dia são muitas as situações que exigem essa competência. Desde o período escolar, essa habilidade é muito útil para se expressar melhor, oferecendo mais clareza na manifestação das falas. Duas definições podem ajudar a entender melhor sobre falar em público, de acordo com o dicionário Merriam-Webster é : “O ato ou processo de fazer discursos em público” ou “a arte da comunicação oral eficaz com os outros”. Porém, podem existir até outras formas de definir bem essa habilidade. No Colégio, falar bem em público é muito importante para apresentação de trabalhos em grupos ou até mesmo em projetos específicos que exijam essa habilidade, em evento como o Summit de Startup e Empreendedorismo, do Colégio Planck, na apresentação de dúvidas para os professores e até no esclarecimento de pontos de vista entre os colegas. No período universitário, será imprescindível pelas mesmas situações e para a defesa de TCCs. Além disso, é um preparo essencial para as situações profissionais do futuro. Conheça 3 benefícios de saber falar em público: Alcançar as pessoas rapidamente Quem sabe falar bem expõe melhor os seus pontos de vista e espalha o seu argumento com mais eficácia. Assim, aumenta a chance de conquistar adesões à sua fala, independente do tamanho do seu público, que pode estar tanto em uma palestra presencial ou nas mídias sociais. Criar conexões sociais Quando uma pessoa fala bem em público ela também aumenta as suas conexões sociais, facilitando a associação com pessoas que compartilham dos mesmos interesses. Desenvolve habilidades de liderança Um bom orador é visto como um bom líder porque sabe comunicar a sua mensagem com confiança e paixão, chamando a atenção das pessoas e influenciando-as a concordarem com suas explanações e até modificando os próprios pontos de vista. Por que as pessoas têm tanto medo de falar em público? Medo de falar em público tem até nome: glossofobia. Mas o que as pessoas temem? Geralmente, sentem medo da exposição pública e de errar, ou seja, falta confiança. O medo é tão grande que pesquisas já revelaram que muitos adultos sentem mais medo de falar em público do que contrair dívida ou morrer. Isso foi o que foi constatado em uma pesquisa publicada no jornal britânico Sunday Times. Outra pesquisa realizada com 1.124 estudantes pela Universidade Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) dentro do Programa de Pós-graduação em Ciências Fonoaudiológicas, 59,7% dos universitários também sentem medo de falar em público, aumentando os níveis de ansiedade, com manifestação de sintomas como taquicardia ou respiração ofegante. Segundo estudiosos, a melhor forma de driblar esse medo que é tão comum, é se preparar para falar diante de plateias. Dizem que foi isso que fez o político Demóstenes (384 a.C. - 322 a.C), que foi considerado o maior orador de Atenas. Demóstenes era gago, não tinha fala bonita e não sabia falar bem. Então, o que ele fez? Treinou, treinou, treinou e treinou para driblar as suas deficiências. Para quem quer seguir o exemplo dele, vale seguir essas dicas: Trabalhe a capacidade de ouvir, porque um bom orador, também costuma ser um bom ouvinte; Conheça bem o assunto sobre o qual vai falar e o público; Faça um roteiro do que vai falar; Treine o que vai falar em voz alta e sozinho, trabalhando a sua articulação; Se possível, faça aulas que ajudem na oratória; Fale de forma calma e pausada; Tente ser o mais natural possível e não forçar uma postura que não é própria de si mesmo, etc. Como o Planck prepara os estudantes para falar com o público? O Colégio Planck tem entre os seus pilares, o desenvolvimento das habilidades socioemocionais. Assim, em suas variadas atividades estimula que os estudantes desenvolvam competências que serão importantes para o sucesso de seus projetos acadêmicos e da vida. Para a habilidade de comunicação, ajuda os estudantes a melhorar a oralidade e falar bem em público com a aula semanal do Clube de Debates. Quando o Colégio proporciona um ambiente seguro, em que os estudantes possam se expressar, melhorar a postura e treinar a retórica, eles aprendem a se manifestar com mais confiança e naturalidade. Na dinâmica da aula, um tema é escolhido e os estudantes são separados em grupos para que cada um defenda o seu ponto de vista. Há também outros que são treinados para fazer a mediação. Com o Clube de Debates, os estudantes refinam a habilidade de comunicação, de pensamento crítico, autoconfiança, capacidade de argumentação e refutação, criatividade e inteligência emocional. Contribuindo para um melhor controle das próprias emoções no momento de falar em público.

O Colégio Planck tem entre os seus pilares, o desenvolvimento das habilidades socioemocionais. Assim, em suas variadas atividades estimula que os estudantes desenvolvam competências que serão importantes para o sucesso de seus projetos acadêmicos e da vida. 

Para a habilidade de comunicação, ajuda os estudantes a melhorar a oralidade e falar bem em público com a aula semanal do Clube de Debates. Quando o Colégio proporciona um ambiente seguro, em que os estudantes possam se expressar, melhorar a postura e treinar a retórica, eles aprendem a se manifestar com mais confiança e naturalidade.

Na dinâmica da aula, um tema é escolhido e os estudantes são separados em grupos para que cada um defenda o seu ponto de vista. Há também outros que são treinados para fazer a mediação.

Com o Clube de Debates, os estudantes refinam a habilidade de comunicação, de pensamento crítico, autoconfiança, capacidade de argumentação e refutação, criatividade e inteligência emocional. Contribuindo para um melhor controle das próprias emoções no momento de falar em público.

Compartilhe:

Compartilhe:

Leia também:

O Ensino Fundamental 2 é um período de aprendizagem importante para as crianças e pré-adolescentes, pois marca sua passagem para um mundo com mais responsabilidades e deveres, que caminha junto a mudanças físicas e neurológicas. No ambiente escolar, os estudantes deparam-se com novos desafios, mas também com novas oportunidades e paixões. É neste momento que suas vozes despertam e começam a descobrir-se como pessoas.

Ensino fundamental 2: o que esperar?

O Ensino Fundamental 2 é um período de aprendizagem importante para as crianças e pré-adolescentes, pois marca sua passagem para um mundo com mais responsabilidades

Translate »