Estudantes globais: a importância das Simulações ONU em colégios

Conteúdo

As simulações da ONU são uma ferramenta poderosa para o desenvolvimento de habilidades globais.

Entre as práticas inovadoras na Educação, as Simulações da ONU (Organização das Nações Unidas) emergem como ferramentas poderosas para promover a compreensão global e habilidades cruciais nos jovens. 

Este método de aprendizagem vai além dos livros didáticos, oferecendo uma abordagem única para o desenvolvimento de consciência global e habilidades diplomáticas. 

Vamos explorar a relevância dessas simulações em ambientes escolares, destacando sua importância no desenvolvimento de estudantes globais.

O que é Simulação da ONU?

Uma Simulação da ONU é um evento educacional que replica as sessões, protocolos e procedimentos da Assembleia Geral e de outros órgãos da ONU. 

Estudantes assumem papéis de delegados de diferentes países, representando interesses diversos, e deliberam sobre questões internacionais. Essa abordagem única proporciona uma imersão prática nos desafios enfrentados pela comunidade internacional.

Leia mais em:

A educação como instrumento transformador da sociedade

Como funciona uma Simulação da ONU?

Em uma Simulação da ONU, os participantes dedicam-se à pesquisa e compreensão das posições de seus países sobre os temas em discussão. Em seguida, essas perspectivas são habilmente articuladas por meio de debates, negociações e elaboração de resoluções. 

Esse formato reproduz fielmente o ambiente diplomático real, promovendo a pesquisa aprofundada, o pensamento crítico e a colaboração entre os estudantes.

Por que participar de Simulações da ONU?

Há várias razões pelas quais os estudantes devem participar das Simulações da ONU, sendo uma delas o auxílio no desenvolvimento de uma compreensão mais aprofundada dos desafios globais enfrentados pelo mundo.

Veja outros motivos:

Habilidades de negociação e diplomacia

Ao participar dessas simulações, os estudantes têm a oportunidade de aprimorar habilidades cruciais, como negociação, diplomacia, argumentação e resolução de conflitos. 

Defendendo seus pontos de vista, buscando consensos e compreendendo a importância do diálogo e da cooperação internacional, os estudantes estão melhor preparados para enfrentar os desafios do mundo real.

Pensamento crítico e pesquisa

A necessidade de realizar pesquisas extensas sobre os tópicos abordados nas simulações estimula o pensamento crítico e a capacidade de pesquisa. 

Os estudantes aprendem a analisar informações, avaliar fontes e formular argumentos convincentes, habilidades essenciais em qualquer campo de estudo ou carreira.

Leia mais em:

Desenvolvimento cognitivo na adolescência

Compreensão da diversidade cultural

As simulações ONU trazem à tona a diversidade de países, culturas e perspectivas. 

Os estudantes têm a oportunidade de se colocar no lugar de delegados de diferentes nações e entender os desafios e as realidades enfrentadas por cada um deles. Isso promove a tolerância, a empatia e a apreciação das diferenças culturais.

Liderança e trabalho em equipe

O envolvimento em Simulações ONU requer trabalho em equipe, cooperação e liderança. 

Os estudantes aprendem a se comunicar efetivamente, ouvir os outros, tomar decisões em grupo e buscar soluções colaborativas – habilidades valiosas tanto no ambiente acadêmico quanto no profissional.

Conexão com o mundo real

As simulações aproximam os estudantes da realidade da política internacional e dos processos de tomada de decisão global. 

Ao participarem de debates e negociações, eles vivenciam como líderes mundiais enfrentam desafios complexos, preparando-se para se tornarem cidadãos informados e engajados, capazes de contribuir para a construção de um mundo mais justo e sustentável.

Leia mais em:

Alto desempenho

Planck ONU: uma iniciativa para formar cidadãos globais

Confira como foi o Planck ONU 2023.

O Planck ONU é uma iniciativa extracurricular que oferece aos estudantes do Colégio Planck a oportunidade de aprofundar seu conhecimento e engajamento em questões globais. O programa abrange uma ampla variedade de tópicos, desde direitos humanos até política, economia e meio ambiente.

Criado em 2018, o Planck ONU se destaca por promover habilidades essenciais, como oratória, negociação, cooperação e liderança. O programa também cultiva valores como empatia, cidadania e autonomia.

Um dos momentos mais aguardados do Planck ONU é uma simulação oficial, realizada anualmente durante o segundo semestre do ano letivo. 

Nessa simulação, os estudantes assumem papéis de autoridades de diferentes países, organizações ou jornais, e são desafiados a debater acerca de problemáticas de relevância nacional e internacional, dentro dos comitês que representam a ONU.

A simulação oficial é uma experiência prática que proporciona aos estudantes a oportunidade de desenvolver habilidades de resolução de problemas, debate e compreensão das complexidades das relações internacionais.

Para preparar os estudantes para a simulação oficial, o Planck ONU organiza o “Simu da Simu“, um evento prévio que convida estudantes que ainda não estão familiarizados com a simulação.

Este ano, o “Simu da Simu” contou com dois comitês: a Assembleia Geral, que abordou o tema “O Regulamento das mídias sociais“, e o Conselho de Segurança, que debateu sobre “Multipolaridade – O papel dos países emergentes na guerra da Ucrânia”.

O Planck ONU é uma experiência educacional enriquecedora que não apenas expande o conhecimento dos estudantes, mas também os prepara para serem cidadãos globais conscientes e engajados em um mundo cada vez mais complexo e interconectado.

Compartilhe:

Compartilhe:

Leia também:

O Ensino Fundamental 2 é um período de aprendizagem importante para as crianças e pré-adolescentes, pois marca sua passagem para um mundo com mais responsabilidades e deveres, que caminha junto a mudanças físicas e neurológicas. No ambiente escolar, os estudantes deparam-se com novos desafios, mas também com novas oportunidades e paixões. É neste momento que suas vozes despertam e começam a descobrir-se como pessoas.

Ensino fundamental 2: o que esperar?

O Ensino Fundamental 2 é um período de aprendizagem importante para as crianças e pré-adolescentes, pois marca sua passagem para um mundo com mais responsabilidades

Translate »