Como e quando escolher uma profissão?

Conteúdo

Desde crianças, é comum a pergunta: “O que você vai ser quando crescer?”. Nessa época, é mais uma curiosidade dos adultos, mas não há compromisso de dar a resposta certa. Mas chega uma hora em que essa decisão precisa ser tomada. E então? Como e quando escolher uma profissão? Veja nesse texto algumas dicas que vão ajudá-los nessa missão. Qual é a hora certa para escolher a profissão? Na infância, quando alguém dizia que queria ser bombeiro ou astronauta quando crescesse, a primeira reação de muitos adultos era um sorriso, que pensavam se tratar apenas de uma possibilidade dentro do mundo da rica imaginação infantil. Enquanto alguns jovens não se esquecem das suas aspirações de criança, outros nem imaginam o que querem ser no quesito carreira quando chega o momento de escolher. Na verdade, uma boa parte dos adolescentes não sabe que carreira seguir quando chega a hora. Mas, qual é a hora certa para começar a pensar em uma profissão? É possível dizer que a primeira data oficial para começar a pensar nesse assunto é o ensino médio, e mais fortemente, um pouco antes da inscrição no vestibular. Alguns estudantes do ensino médio já começam a participar dos exames seletivos como treineiros, antes da 3a série do ensino médio, e, assim, a questão sobre a escolha profissional já vira uma pauta em suas vidas. Talvez, as mesmas pessoas que perguntaram o que você iria ser quando crescer na sua infância, nesta fase pré-vestibular, comecem a dar conselhos sobre estabilidade, segurança financeira e o que está em alta no mercado de trabalho. Então, surge a segunda questão: como escolher uma profissão? Como escolher uma profissão? Será que a escolha da carreira deve ser movida por essa estabilidade ou pela paixão que cada pessoa tem por uma determinada área? Em primeiro lugar, para escolher uma profissão, o primeiro passo é conhecer a si mesmo para entender o que faz mais sentido para você. Para muitas pessoas, a estabilidade e os rendimentos financeiros podem falar mais alto, enquanto para outras a paixão pelo que faz pode ser muito mais determinante. Vamos a mais dicas para entender como escolher uma profissão de forma mais consciente: Faça uma autoavaliação Para tomar uma decisão sobre a carreira a seguir, é preciso uma boa reflexão sobre si mesmo, quais são suas habilidades socioemocionais e técnicas, quais áreas gosta mais, que tipo de trabalho quer fazer. É interessante também analisar as carreiras que sejam alinhadas com sua personalidade e valores. Alguns testes de autoconhecimento podem ser importantes para ajudá-lo a definir o seu conjunto de competências. Informe-se sobre as profissões que se alinham com você Depois que passa a se conhecer melhor, é bem possível que consiga visualizar algumas profissões que pode escolher. Faça uma lista curta e explore as possibilidades de cada item. Informe-se sobre as profissões listadas, seja por pesquisas de internet ou mesmo conversando com profissionais que já têm carreiras estabelecidas na área e podem dar um parecer mais preciso sobre a profissão. Aproveite também todas as oportunidades que o Colégio possa trazer para orientar suas decisões, sejam as feiras de profissões ou até mesmo visitas de profissionais em eventos específicos. Liste os prós e os contras de cada profissão que chamou a sua atenção. Pesquise o mercado Segundo a pesquisa “O Futuro do Trabalho”, divulgada no Fórum Econômico Mundial, muitas profissões podem ficar obsoletas em pouco tempo. O mundo do trabalho está em uma grande transformação tecnológica e a cada dia novas profissões estão surgindo, enquanto outras vão deixar de existir. Analise quais são as profissões que estão em alta de acordo com os especialistas e veja se alguma delas pode ser interessante para as suas expectativas profissionais e de vida. Identifique itens obrigatórios Você pode pensar em alguns itens obrigatórios para nortear suas decisões de escolha de profissão: salários iniciais, jornada e ambientes de trabalho, possibilidade de viagens, tarefas que aceita ou não realizar, etc. Esses itens podem ser bastante importantes para entender o que suas expectativas do momento exigem. Não carregue o peso de ter uma profissão por toda a vida Pela longevidade alcançada pelas pessoas na atualidade, ter uma profissão por toda uma vida já não é uma obrigatoriedade, como ocorria para as gerações anteriores. É bastante possível que as pessoas tenham carreiras diferentes ao longo de suas vidas, exercendo cada uma de uma maneira plena e satisfatória. Portanto, ao escolher uma profissão agora, não coloque tanto peso nessa decisão. Pode ser que você comece uma profissão, não goste e se decida por optar por outra área no futuro. Por outro lado, pode até gostar, mas perceber que chegou a hora de seguir novos caminhos. Torne essa decisão mais leve, no mundo de transformações rápidas em que vivemos, não é mais aconselhável se agarrar de forma inflexível a uma única opção, até mesmo porque as pessoas também mudam com o tempo, e junto com elas, suas expectativas e opiniões. Conclusão No Colégio Planck, as habilidades socioemocionais e técnicas são trabalhadas nos estudantes nas mais variadas atividades curriculares e extracurriculares. Dentro desse pilar pedagógico, o autoconhecimento é um dos aspectos estimulados e considerado um dos mais importantes para nortear suas escolhas para exercer com eficiência o protagonismo em suas vidas. Junto com o autoconhecimento, os estudantes aprendem a desenvolver outras habilidades que também vão ser de grande importância na escolha da profissão. O objetivo é que estejam preparados para escolhas que os tornarão felizes e realizados.

Desde crianças, é comum a pergunta: “O que você vai ser quando crescer?”. Nessa época, é mais uma curiosidade dos adultos, mas não há compromisso de dar a resposta certa. Mas chega uma hora em que essa decisão precisa ser tomada. E então? Como e quando escolher uma profissão?

Veja nesse texto algumas dicas que vão ajudá-los nessa missão.

Qual é a hora certa para escolher a profissão?

Na infância, quando alguém dizia que queria ser bombeiro ou astronauta quando crescesse, a primeira reação de muitos adultos era um sorriso, que pensavam se tratar apenas de uma possibilidade dentro do mundo da rica imaginação infantil. 

Enquanto alguns jovens não se esquecem das suas aspirações de criança, outros nem imaginam o que querem ser no quesito carreira quando chega o momento de escolher. Na verdade, uma boa parte dos adolescentes não sabe que carreira seguir quando chega a hora.

Mas, qual é a hora certa para começar a pensar em uma profissão? É possível dizer que a  primeira data oficial para começar a pensar nesse assunto é o ensino médio, e mais fortemente, um pouco antes da inscrição no vestibular. 

Alguns estudantes do ensino médio já começam a participar dos exames seletivos como treineiros, antes da 3a série do ensino médio, e, assim, a questão sobre a escolha profissional já vira uma pauta em suas vidas.

Talvez, as mesmas pessoas que perguntaram o que você iria ser quando crescer na sua infância, nesta fase pré-vestibular, comecem a dar conselhos sobre estabilidade, segurança financeira e o que está em alta no mercado de trabalho. Então, surge a segunda questão: como escolher uma profissão?

Como escolher uma profissão?

Será que a escolha da carreira deve ser movida por essa estabilidade ou pela paixão que cada pessoa tem por uma determinada área? 

Em primeiro lugar, para escolher uma profissão, o primeiro passo é conhecer a si mesmo para entender o que faz mais sentido para você. Para muitas pessoas, a estabilidade e os rendimentos financeiros podem falar mais alto, enquanto para outras a paixão pelo que faz pode ser muito mais determinante.

Vamos a mais dicas para entender como escolher uma profissão de forma mais consciente:

Faça uma autoavaliação

Para tomar uma decisão sobre a carreira a seguir, é preciso uma boa reflexão sobre si mesmo, quais são suas habilidades socioemocionais e técnicas, quais áreas gosta mais, que tipo de trabalho quer fazer. É interessante também analisar as carreiras que sejam alinhadas com sua personalidade e valores.

Alguns testes de autoconhecimento podem ser importantes para ajudá-lo a definir o seu conjunto de competências.

Desde crianças, é comum a pergunta: “O que você vai ser quando crescer?”. Nessa época, é mais uma curiosidade dos adultos, mas não há compromisso de dar a resposta certa. Mas chega uma hora em que essa decisão precisa ser tomada. E então? Como e quando escolher uma profissão? Veja nesse texto algumas dicas que vão ajudá-los nessa missão. Qual é a hora certa para escolher a profissão? Na infância, quando alguém dizia que queria ser bombeiro ou astronauta quando crescesse, a primeira reação de muitos adultos era um sorriso, que pensavam se tratar apenas de uma possibilidade dentro do mundo da rica imaginação infantil. Enquanto alguns jovens não se esquecem das suas aspirações de criança, outros nem imaginam o que querem ser no quesito carreira quando chega o momento de escolher. Na verdade, uma boa parte dos adolescentes não sabe que carreira seguir quando chega a hora. Mas, qual é a hora certa para começar a pensar em uma profissão? É possível dizer que a primeira data oficial para começar a pensar nesse assunto é o ensino médio, e mais fortemente, um pouco antes da inscrição no vestibular. Alguns estudantes do ensino médio já começam a participar dos exames seletivos como treineiros, antes da 3a série do ensino médio, e, assim, a questão sobre a escolha profissional já vira uma pauta em suas vidas. Talvez, as mesmas pessoas que perguntaram o que você iria ser quando crescer na sua infância, nesta fase pré-vestibular, comecem a dar conselhos sobre estabilidade, segurança financeira e o que está em alta no mercado de trabalho. Então, surge a segunda questão: como escolher uma profissão? Como escolher uma profissão? Será que a escolha da carreira deve ser movida por essa estabilidade ou pela paixão que cada pessoa tem por uma determinada área? Em primeiro lugar, para escolher uma profissão, o primeiro passo é conhecer a si mesmo para entender o que faz mais sentido para você. Para muitas pessoas, a estabilidade e os rendimentos financeiros podem falar mais alto, enquanto para outras a paixão pelo que faz pode ser muito mais determinante. Vamos a mais dicas para entender como escolher uma profissão de forma mais consciente: Faça uma autoavaliação Para tomar uma decisão sobre a carreira a seguir, é preciso uma boa reflexão sobre si mesmo, quais são suas habilidades socioemocionais e técnicas, quais áreas gosta mais, que tipo de trabalho quer fazer. É interessante também analisar as carreiras que sejam alinhadas com sua personalidade e valores. Alguns testes de autoconhecimento podem ser importantes para ajudá-lo a definir o seu conjunto de competências. Informe-se sobre as profissões que se alinham com você Depois que passa a se conhecer melhor, é bem possível que consiga visualizar algumas profissões que pode escolher. Faça uma lista curta e explore as possibilidades de cada item. Informe-se sobre as profissões listadas, seja por pesquisas de internet ou mesmo conversando com profissionais que já têm carreiras estabelecidas na área e podem dar um parecer mais preciso sobre a profissão. Aproveite também todas as oportunidades que o Colégio possa trazer para orientar suas decisões, sejam as feiras de profissões ou até mesmo visitas de profissionais em eventos específicos. Liste os prós e os contras de cada profissão que chamou a sua atenção. Pesquise o mercado Segundo a pesquisa “O Futuro do Trabalho”, divulgada no Fórum Econômico Mundial, muitas profissões podem ficar obsoletas em pouco tempo. O mundo do trabalho está em uma grande transformação tecnológica e a cada dia novas profissões estão surgindo, enquanto outras vão deixar de existir. Analise quais são as profissões que estão em alta de acordo com os especialistas e veja se alguma delas pode ser interessante para as suas expectativas profissionais e de vida. Identifique itens obrigatórios Você pode pensar em alguns itens obrigatórios para nortear suas decisões de escolha de profissão: salários iniciais, jornada e ambientes de trabalho, possibilidade de viagens, tarefas que aceita ou não realizar, etc. Esses itens podem ser bastante importantes para entender o que suas expectativas do momento exigem. Não carregue o peso de ter uma profissão por toda a vida Pela longevidade alcançada pelas pessoas na atualidade, ter uma profissão por toda uma vida já não é uma obrigatoriedade, como ocorria para as gerações anteriores. É bastante possível que as pessoas tenham carreiras diferentes ao longo de suas vidas, exercendo cada uma de uma maneira plena e satisfatória. Portanto, ao escolher uma profissão agora, não coloque tanto peso nessa decisão. Pode ser que você comece uma profissão, não goste e se decida por optar por outra área no futuro. Por outro lado, pode até gostar, mas perceber que chegou a hora de seguir novos caminhos. Torne essa decisão mais leve, no mundo de transformações rápidas em que vivemos, não é mais aconselhável se agarrar de forma inflexível a uma única opção, até mesmo porque as pessoas também mudam com o tempo, e junto com elas, suas expectativas e opiniões. Conclusão No Colégio Planck, as habilidades socioemocionais e técnicas são trabalhadas nos estudantes nas mais variadas atividades curriculares e extracurriculares. Dentro desse pilar pedagógico, o autoconhecimento é um dos aspectos estimulados e considerado um dos mais importantes para nortear suas escolhas para exercer com eficiência o protagonismo em suas vidas. Junto com o autoconhecimento, os estudantes aprendem a desenvolver outras habilidades que também vão ser de grande importância na escolha da profissão. O objetivo é que estejam preparados para escolhas que os tornarão felizes e realizados.

Informe-se sobre as profissões que são alinhadas com você

Depois que passa a se conhecer melhor, é bem possível que consiga visualizar algumas profissões que pode escolher. Faça uma lista curta e explore as possibilidades de cada item.

Informe-se sobre as profissões listadas, seja por pesquisas de internet ou mesmo conversando com profissionais que já têm carreiras estabelecidas na área e podem dar um parecer mais preciso sobre a profissão.

Aproveite também todas as oportunidades que o Colégio possa trazer para orientar suas decisões, sejam as feiras de profissões ou até mesmo visitas de profissionais em eventos específicos.

Liste os prós e os contras de cada profissão que chamou a sua atenção.

Pesquise o mercado

Segundo a pesquisa “O Futuro do Trabalho”, divulgada no Fórum Econômico Mundial, muitas profissões podem ficar obsoletas em pouco tempo. O mundo do trabalho está em uma grande transformação tecnológica e a cada dia novas profissões estão surgindo, enquanto outras vão deixar de existir.

Analise quais são as profissões que estão em alta de acordo com os especialistas e veja se alguma delas pode ser interessante para as suas expectativas profissionais e de vida.

Desde crianças, é comum a pergunta: “O que você vai ser quando crescer?”. Nessa época, é mais uma curiosidade dos adultos, mas não há compromisso de dar a resposta certa. Mas chega uma hora em que essa decisão precisa ser tomada. E então? Como e quando escolher uma profissão? Veja nesse texto algumas dicas que vão ajudá-los nessa missão. Qual é a hora certa para escolher a profissão? Na infância, quando alguém dizia que queria ser bombeiro ou astronauta quando crescesse, a primeira reação de muitos adultos era um sorriso, que pensavam se tratar apenas de uma possibilidade dentro do mundo da rica imaginação infantil. Enquanto alguns jovens não se esquecem das suas aspirações de criança, outros nem imaginam o que querem ser no quesito carreira quando chega o momento de escolher. Na verdade, uma boa parte dos adolescentes não sabe que carreira seguir quando chega a hora. Mas, qual é a hora certa para começar a pensar em uma profissão? É possível dizer que a primeira data oficial para começar a pensar nesse assunto é o ensino médio, e mais fortemente, um pouco antes da inscrição no vestibular. Alguns estudantes do ensino médio já começam a participar dos exames seletivos como treineiros, antes da 3a série do ensino médio, e, assim, a questão sobre a escolha profissional já vira uma pauta em suas vidas. Talvez, as mesmas pessoas que perguntaram o que você iria ser quando crescer na sua infância, nesta fase pré-vestibular, comecem a dar conselhos sobre estabilidade, segurança financeira e o que está em alta no mercado de trabalho. Então, surge a segunda questão: como escolher uma profissão? Como escolher uma profissão? Será que a escolha da carreira deve ser movida por essa estabilidade ou pela paixão que cada pessoa tem por uma determinada área? Em primeiro lugar, para escolher uma profissão, o primeiro passo é conhecer a si mesmo para entender o que faz mais sentido para você. Para muitas pessoas, a estabilidade e os rendimentos financeiros podem falar mais alto, enquanto para outras a paixão pelo que faz pode ser muito mais determinante. Vamos a mais dicas para entender como escolher uma profissão de forma mais consciente: Faça uma autoavaliação Para tomar uma decisão sobre a carreira a seguir, é preciso uma boa reflexão sobre si mesmo, quais são suas habilidades socioemocionais e técnicas, quais áreas gosta mais, que tipo de trabalho quer fazer. É interessante também analisar as carreiras que sejam alinhadas com sua personalidade e valores. Alguns testes de autoconhecimento podem ser importantes para ajudá-lo a definir o seu conjunto de competências. Informe-se sobre as profissões que se alinham com você Depois que passa a se conhecer melhor, é bem possível que consiga visualizar algumas profissões que pode escolher. Faça uma lista curta e explore as possibilidades de cada item. Informe-se sobre as profissões listadas, seja por pesquisas de internet ou mesmo conversando com profissionais que já têm carreiras estabelecidas na área e podem dar um parecer mais preciso sobre a profissão. Aproveite também todas as oportunidades que o Colégio possa trazer para orientar suas decisões, sejam as feiras de profissões ou até mesmo visitas de profissionais em eventos específicos. Liste os prós e os contras de cada profissão que chamou a sua atenção. Pesquise o mercado Segundo a pesquisa “O Futuro do Trabalho”, divulgada no Fórum Econômico Mundial, muitas profissões podem ficar obsoletas em pouco tempo. O mundo do trabalho está em uma grande transformação tecnológica e a cada dia novas profissões estão surgindo, enquanto outras vão deixar de existir. Analise quais são as profissões que estão em alta de acordo com os especialistas e veja se alguma delas pode ser interessante para as suas expectativas profissionais e de vida. Identifique itens obrigatórios Você pode pensar em alguns itens obrigatórios para nortear suas decisões de escolha de profissão: salários iniciais, jornada e ambientes de trabalho, possibilidade de viagens, tarefas que aceita ou não realizar, etc. Esses itens podem ser bastante importantes para entender o que suas expectativas do momento exigem. Não carregue o peso de ter uma profissão por toda a vida Pela longevidade alcançada pelas pessoas na atualidade, ter uma profissão por toda uma vida já não é uma obrigatoriedade, como ocorria para as gerações anteriores. É bastante possível que as pessoas tenham carreiras diferentes ao longo de suas vidas, exercendo cada uma de uma maneira plena e satisfatória. Portanto, ao escolher uma profissão agora, não coloque tanto peso nessa decisão. Pode ser que você comece uma profissão, não goste e se decida por optar por outra área no futuro. Por outro lado, pode até gostar, mas perceber que chegou a hora de seguir novos caminhos. Torne essa decisão mais leve, no mundo de transformações rápidas em que vivemos, não é mais aconselhável se agarrar de forma inflexível a uma única opção, até mesmo porque as pessoas também mudam com o tempo, e junto com elas, suas expectativas e opiniões. Conclusão No Colégio Planck, as habilidades socioemocionais e técnicas são trabalhadas nos estudantes nas mais variadas atividades curriculares e extracurriculares. Dentro desse pilar pedagógico, o autoconhecimento é um dos aspectos estimulados e considerado um dos mais importantes para nortear suas escolhas para exercer com eficiência o protagonismo em suas vidas. Junto com o autoconhecimento, os estudantes aprendem a desenvolver outras habilidades que também vão ser de grande importância na escolha da profissão. O objetivo é que estejam preparados para escolhas que os tornarão felizes e realizados.

Identifique itens obrigatórios

Você pode pensar em alguns itens obrigatórios para nortear suas decisões de escolha de profissão: salários iniciais, jornada e ambientes de trabalho, possibilidade de viagens, tarefas que aceita ou não realizar, etc.

Esses itens podem ser bastante importantes para entender o que suas expectativas do momento exigem.

Não carregue o peso de ter uma profissão por toda a vida

Pela longevidade alcançada pelas pessoas na atualidade, ter uma profissão por toda uma vida já não é uma obrigatoriedade, como ocorria para as gerações anteriores.

É bastante possível que as pessoas tenham carreiras diferentes ao longo de suas vidas, exercendo cada uma de uma maneira plena e satisfatória.

Portanto, ao escolher uma profissão agora, não coloque tanto peso nessa decisão. Pode ser que você comece uma profissão, não goste e se decida por optar por outra área no futuro. Por outro lado, pode até gostar, mas perceber que chegou a hora de seguir novos caminhos.

Torne essa decisão mais leve, no mundo de transformações rápidas em que vivemos, não é mais aconselhável se agarrar de forma inflexível a uma única opção, até mesmo porque as pessoas também mudam com o tempo, e junto com elas, suas expectativas e opiniões.

ebook meu filho não sabe que carreira seguir

Conclusão

No Colégio Planck, as habilidades socioemocionais e técnicas são trabalhadas nos estudantes nas mais variadas atividades curriculares e extracurriculares. 

Dentro desse pilar pedagógico, o autoconhecimento é um dos aspectos estimulados e considerado um dos mais importantes para nortear suas escolhas para exercer com eficiência o protagonismo em suas vidas.

Junto com o autoconhecimento, os estudantes aprendem a desenvolver outras habilidades que também vão ser de grande importância na escolha da profissão. O objetivo é que estejam preparados para escolhas que os tornarão felizes e realizados.

 

Compartilhe:

Leia também:

Translate »