Dicas para controlar ou reduzir a ansiedade pré-vestibular

Conteúdo

Ninguém nega que a ansiedade pré-vestibular é uma constante na rotina dos estudantes da terceira série do ensino médio, dos frequentadores dos cursinhos e dos treineiros. Será que tem como se livrar dessa emoção ou pelo menos reduzir os efeitos dela no dia a dia? Leia nesse texto, 5 dicas que vão ajudar a lidar melhor com essa reação do organismo frente a esse período da vida. Por que surge a ansiedade pré-vestibular? A preparação para o vestibular é um processo árduo. São muitas horas dedicadas ao conhecimento dos conteúdos, que exigem também muito foco e disciplina para retê-los na mente. Não bastasse a carga horária puxada, muitas vezes, ainda têm a autocobrança pelos próprios resultados, os comparativos que surgem dentro do próprio vestibulando em relação a outros candidatos que podem estar mais preparados, o medo de não estar escolhendo o curso certo, enfim, são muitas variáveis. Com tanto peso sobre os ombros, é mais do que natural que essa tal ansiedade pré-vestibular surja dentro de quem está estudando duramente mirando uma aprovação à sua frente. A ansiedade é provocada pelo medo e insegurança em relação ao desconhecido, gera preocupações intensas, excessivas e persistentes, que podem provocar diversos sintomas, como dificuldades de assimilar conteúdos, falta de confiança e concentração, irritabilidade, dificuldade para gerir o próprio tempo e até levar a certos transtornos. Portanto, o melhor é procurar conhecer o universo do vestibular ao máximo e se preparar para ele para evitar ou minimizar essa emoção. Veja aqui 5 dicas que vão ajudar a levar essa fase com mais tranquilidade: (foto) 1 - Prepare-se bem O bom planejamento é essencial para atingir os resultados desejados. Assim, com muita organização e foco, além das aulas curriculares, invista em um plano de estudos diário. Nessas horas de estudo em casa, tenha tudo o que for necessário, tanto os materiais necessários, como um cronograma bem planejado, com os tempos de estudo de cada disciplina, elaboração de redação, etc. Além de escolher um lugar silencioso para estudar, também evite as distrações, como TVs ligadas, notificações de redes sociais, etc. De preferência, invista em uma ferramenta própria para ajudar no foco, por exemplo, a técnica pomodoro, que está disponível em aplicativos. Além disso, faça todos os simulados e redações sugeridas pelo Colégio, que vão oferecer um termômetro do seu desempenho ao longo do ano e vai possibilitar saber onde precisa centrar mais atenção. Para isso, frequentar os Plantões de Dúvidas também vai ajudar a dar mais segurança sobre seus resultados. Outro ponto importante, é conhecer bem os vestibulares que vai prestar, para se preparar de forma adequada. Quando o estudante se prepara bem, ele sabe que todo o esforço necessário foi realizado e ele está pronto para o que vier. (foto) 2 - Mantenha uma rotina equilibrada Essa é uma fase árdua que exige até mesmo um bom preparo físico e mental. Portanto, investir em uma boa alimentação e horas suficientes de sono também vão ajudar nessa rotina equilibrada. Além disso, praticar exercícios físicos ajudam a aliviar as tensões e deixar o corpo mais preparado para os desafios da maratona de provas. Mas, o importante é buscar atividades que goste, para que gerem prazer. Não pode ser mais uma obrigação na vida do estudante. Alguns estudantes também podem investir em técnicas de relaxamento, que podem ser aulas como yoga ou outras práticas meditativas, como o mindfulness, que integra atenção plena e exercícios respiratórios. Neste aspecto, o cuidado é com a mente, pois é essencial que ela esteja tranquila para que o estudante tenha controle emocional para o período. 3 - Encoraje os pensamentos positivos Quando o estudante está no processo pré-vestibular, é muito importante preservar os pensamentos positivos e acreditar na sua capacidade de aprovação. Pense que você fez todo o possível para que estivesse apto a conquistar a vaga desejada, não abandone a sua convicção. Neste aspecto, também filtre qualquer comentário negativo que possa minar sua autoconfiança, e acredite no seu potencial. 4 - Invista em alguns momentos de descontração Ter alguns momentos de lazer e descontração nesse período funciona como uma válvula de escape para as tensões pré-vestibulares. Então, em meio à sua rotina de estudos, reserve momentos para se encontrar e rir com os amigos ou familiares de vez em quando. Para quem estuda diariamente, reservar um dia na semana, como o domingo, para fazer uma caminhada ao ar livre, ir ao cinema, assistir séries ou fazer um passeio tranquilo com os pets é perfeitamente possível mesmo com uma árdua rotina pré-vestibular. 5 - Não estude na véspera dos vestibulares Estudar na véspera das provas pode parecer até uma boa ideia, mas saiba que essa atitude pode até contribuir com a sua ansiedade pré-vestibular. Quem já se preparou muito bem durante o ano inteiro, tem esse privilégio de poder deixar a mente mais tranquila no dia anterior, e chegar nas provas com o corpo e a cabeça totalmente descansados. Será mais produtivo para os resultados. Conte com o Colégio Planck! Além do alto desempenho, o método pedagógico do Colégio Planck está amparado no pilar do desenvolvimento socioemocional. Isso significa que os estudantes são preparados para o enfrentamento de situações como as provas dos vestibulares. Nas mais variadas práticas pedagógicas, eles aprendem a desenvolver foco, disciplina, organização, resiliência, tolerância às frustrações, autogestão, etc. Por meio da Orientação Educacional, o Colégio Planck também oferece aos estudantes todo o suporte para elaboração de uma plano de estudos individualizado. Além disso, proporciona simulados, Programa Semanal de Redação, Plantão de Dúvidas e aulas eletivas que ajudam os estudantes a aliviar suas tensões, como esportes e artes.

Ninguém nega que a ansiedade pré-vestibular é uma constante na rotina dos estudantes da terceira série do ensino médio, dos frequentadores dos cursinhos e dos treineiros. Será que tem como se livrar dessa emoção ou pelo menos reduzir os efeitos dela no dia a dia?

Leia nesse texto, 5 dicas que vão ajudar a lidar melhor com essa reação do organismo frente a esse período da vida.

Por que surge a ansiedade pré-vestibular?

A preparação para o vestibular é um processo árduo. São muitas horas dedicadas ao conhecimento dos conteúdos, que exigem também muito foco e disciplina para retê-los na mente.

Não bastasse a carga horária puxada, muitas vezes, ainda têm a autocobrança pelos próprios resultados, os comparativos que surgem dentro do próprio vestibulando em relação a outros candidatos que podem estar mais preparados, o medo de não estar escolhendo o curso certo, enfim, são muitas variáveis.

Com tanto peso sobre os ombros, é mais do que natural que essa tal ansiedade pré-vestibular surja dentro de quem está estudando duramente mirando uma aprovação à sua frente.

A ansiedade é provocada pelo medo e insegurança em relação ao desconhecido, gera preocupações intensas, excessivas e persistentes, que podem provocar diversos sintomas, como dificuldades de assimilar conteúdos, falta de confiança e concentração, irritabilidade, dificuldade para gerir o próprio tempo e até levar a certos transtornos. 

Portanto, o melhor é procurar conhecer o universo do vestibular ao máximo e se preparar para ele para evitar ou minimizar essa emoção.

Veja aqui 5 dicas que vão ajudar a levar essa fase com mais tranquilidade:

Ninguém nega que a ansiedade pré-vestibular é uma constante na rotina dos estudantes da terceira série do ensino médio, dos frequentadores dos cursinhos e dos treineiros. Será que tem como se livrar dessa emoção ou pelo menos reduzir os efeitos dela no dia a dia? Leia nesse texto, 5 dicas que vão ajudar a lidar melhor com essa reação do organismo frente a esse período da vida. Por que surge a ansiedade pré-vestibular? A preparação para o vestibular é um processo árduo. São muitas horas dedicadas ao conhecimento dos conteúdos, que exigem também muito foco e disciplina para retê-los na mente. Não bastasse a carga horária puxada, muitas vezes, ainda têm a autocobrança pelos próprios resultados, os comparativos que surgem dentro do próprio vestibulando em relação a outros candidatos que podem estar mais preparados, o medo de não estar escolhendo o curso certo, enfim, são muitas variáveis. Com tanto peso sobre os ombros, é mais do que natural que essa tal ansiedade pré-vestibular surja dentro de quem está estudando duramente mirando uma aprovação à sua frente. A ansiedade é provocada pelo medo e insegurança em relação ao desconhecido, gera preocupações intensas, excessivas e persistentes, que podem provocar diversos sintomas, como dificuldades de assimilar conteúdos, falta de confiança e concentração, irritabilidade, dificuldade para gerir o próprio tempo e até levar a certos transtornos. Portanto, o melhor é procurar conhecer o universo do vestibular ao máximo e se preparar para ele para evitar ou minimizar essa emoção. Veja aqui 5 dicas que vão ajudar a levar essa fase com mais tranquilidade: (foto) 1 - Prepare-se bem O bom planejamento é essencial para atingir os resultados desejados. Assim, com muita organização e foco, além das aulas curriculares, invista em um plano de estudos diário. Nessas horas de estudo em casa, tenha tudo o que for necessário, tanto os materiais necessários, como um cronograma bem planejado, com os tempos de estudo de cada disciplina, elaboração de redação, etc. Além de escolher um lugar silencioso para estudar, também evite as distrações, como TVs ligadas, notificações de redes sociais, etc. De preferência, invista em uma ferramenta própria para ajudar no foco, por exemplo, a técnica pomodoro, que está disponível em aplicativos. Além disso, faça todos os simulados e redações sugeridas pelo Colégio, que vão oferecer um termômetro do seu desempenho ao longo do ano e vai possibilitar saber onde precisa centrar mais atenção. Para isso, frequentar os Plantões de Dúvidas também vai ajudar a dar mais segurança sobre seus resultados. Outro ponto importante, é conhecer bem os vestibulares que vai prestar, para se preparar de forma adequada. Quando o estudante se prepara bem, ele sabe que todo o esforço necessário foi realizado e ele está pronto para o que vier. (foto) 2 - Mantenha uma rotina equilibrada Essa é uma fase árdua que exige até mesmo um bom preparo físico e mental. Portanto, investir em uma boa alimentação e horas suficientes de sono também vão ajudar nessa rotina equilibrada. Além disso, praticar exercícios físicos ajudam a aliviar as tensões e deixar o corpo mais preparado para os desafios da maratona de provas. Mas, o importante é buscar atividades que goste, para que gerem prazer. Não pode ser mais uma obrigação na vida do estudante. Alguns estudantes também podem investir em técnicas de relaxamento, que podem ser aulas como yoga ou outras práticas meditativas, como o mindfulness, que integra atenção plena e exercícios respiratórios. Neste aspecto, o cuidado é com a mente, pois é essencial que ela esteja tranquila para que o estudante tenha controle emocional para o período. 3 - Encoraje os pensamentos positivos Quando o estudante está no processo pré-vestibular, é muito importante preservar os pensamentos positivos e acreditar na sua capacidade de aprovação. Pense que você fez todo o possível para que estivesse apto a conquistar a vaga desejada, não abandone a sua convicção. Neste aspecto, também filtre qualquer comentário negativo que possa minar sua autoconfiança, e acredite no seu potencial. 4 - Invista em alguns momentos de descontração Ter alguns momentos de lazer e descontração nesse período funciona como uma válvula de escape para as tensões pré-vestibulares. Então, em meio à sua rotina de estudos, reserve momentos para se encontrar e rir com os amigos ou familiares de vez em quando. Para quem estuda diariamente, reservar um dia na semana, como o domingo, para fazer uma caminhada ao ar livre, ir ao cinema, assistir séries ou fazer um passeio tranquilo com os pets é perfeitamente possível mesmo com uma árdua rotina pré-vestibular. 5 - Não estude na véspera dos vestibulares Estudar na véspera das provas pode parecer até uma boa ideia, mas saiba que essa atitude pode até contribuir com a sua ansiedade pré-vestibular. Quem já se preparou muito bem durante o ano inteiro, tem esse privilégio de poder deixar a mente mais tranquila no dia anterior, e chegar nas provas com o corpo e a cabeça totalmente descansados. Será mais produtivo para os resultados. Conte com o Colégio Planck! Além do alto desempenho, o método pedagógico do Colégio Planck está amparado no pilar do desenvolvimento socioemocional. Isso significa que os estudantes são preparados para o enfrentamento de situações como as provas dos vestibulares. Nas mais variadas práticas pedagógicas, eles aprendem a desenvolver foco, disciplina, organização, resiliência, tolerância às frustrações, autogestão, etc. Por meio da Orientação Educacional, o Colégio Planck também oferece aos estudantes todo o suporte para elaboração de uma plano de estudos individualizado. Além disso, proporciona simulados, Programa Semanal de Redação, Plantão de Dúvidas e aulas eletivas que ajudam os estudantes a aliviar suas tensões, como esportes e artes.

1 – Prepare-se bem

O bom planejamento é essencial para atingir os resultados desejados. Assim, com muita organização e foco, além das aulas curriculares, invista em um plano de estudos diário.

Nessas horas de estudo em casa, tenha tudo o que for necessário, tanto os materiais necessários, como um cronograma bem planejado, com os tempos de estudo de cada disciplina, elaboração de redação, etc. 

Além de escolher um lugar silencioso para estudar, também evite as distrações, como TVs ligadas, notificações de redes sociais, etc.

De preferência, invista em uma ferramenta própria para ajudar no foco, por exemplo,  a técnica pomodoro, que está disponível em aplicativos.

Além disso, faça todos os simulados e redações sugeridas pelo Colégio, que vão oferecer um termômetro do seu desempenho ao longo do ano e vai possibilitar saber onde precisa centrar mais atenção. Para isso, frequentar os Plantões de Dúvidas também vai ajudar a dar mais segurança sobre seus resultados.

Outro ponto importante, é conhecer bem os vestibulares que vai prestar, para se preparar de forma adequada.

Quando o estudante se prepara bem, ele sabe que todo o esforço necessário foi realizado e ele está pronto para o que vier.

Leia também:

Ninguém nega que a ansiedade pré-vestibular é uma constante na rotina dos estudantes da terceira série do ensino médio, dos frequentadores dos cursinhos e dos treineiros. Será que tem como se livrar dessa emoção ou pelo menos reduzir os efeitos dela no dia a dia? Leia nesse texto, 5 dicas que vão ajudar a lidar melhor com essa reação do organismo frente a esse período da vida. Por que surge a ansiedade pré-vestibular? A preparação para o vestibular é um processo árduo. São muitas horas dedicadas ao conhecimento dos conteúdos, que exigem também muito foco e disciplina para retê-los na mente. Não bastasse a carga horária puxada, muitas vezes, ainda têm a autocobrança pelos próprios resultados, os comparativos que surgem dentro do próprio vestibulando em relação a outros candidatos que podem estar mais preparados, o medo de não estar escolhendo o curso certo, enfim, são muitas variáveis. Com tanto peso sobre os ombros, é mais do que natural que essa tal ansiedade pré-vestibular surja dentro de quem está estudando duramente mirando uma aprovação à sua frente. A ansiedade é provocada pelo medo e insegurança em relação ao desconhecido, gera preocupações intensas, excessivas e persistentes, que podem provocar diversos sintomas, como dificuldades de assimilar conteúdos, falta de confiança e concentração, irritabilidade, dificuldade para gerir o próprio tempo e até levar a certos transtornos. Portanto, o melhor é procurar conhecer o universo do vestibular ao máximo e se preparar para ele para evitar ou minimizar essa emoção. Veja aqui 5 dicas que vão ajudar a levar essa fase com mais tranquilidade: (foto) 1 - Prepare-se bem O bom planejamento é essencial para atingir os resultados desejados. Assim, com muita organização e foco, além das aulas curriculares, invista em um plano de estudos diário. Nessas horas de estudo em casa, tenha tudo o que for necessário, tanto os materiais necessários, como um cronograma bem planejado, com os tempos de estudo de cada disciplina, elaboração de redação, etc. Além de escolher um lugar silencioso para estudar, também evite as distrações, como TVs ligadas, notificações de redes sociais, etc. De preferência, invista em uma ferramenta própria para ajudar no foco, por exemplo, a técnica pomodoro, que está disponível em aplicativos. Além disso, faça todos os simulados e redações sugeridas pelo Colégio, que vão oferecer um termômetro do seu desempenho ao longo do ano e vai possibilitar saber onde precisa centrar mais atenção. Para isso, frequentar os Plantões de Dúvidas também vai ajudar a dar mais segurança sobre seus resultados. Outro ponto importante, é conhecer bem os vestibulares que vai prestar, para se preparar de forma adequada. Quando o estudante se prepara bem, ele sabe que todo o esforço necessário foi realizado e ele está pronto para o que vier. (foto) 2 - Mantenha uma rotina equilibrada Essa é uma fase árdua que exige até mesmo um bom preparo físico e mental. Portanto, investir em uma boa alimentação e horas suficientes de sono também vão ajudar nessa rotina equilibrada. Além disso, praticar exercícios físicos ajudam a aliviar as tensões e deixar o corpo mais preparado para os desafios da maratona de provas. Mas, o importante é buscar atividades que goste, para que gerem prazer. Não pode ser mais uma obrigação na vida do estudante. Alguns estudantes também podem investir em técnicas de relaxamento, que podem ser aulas como yoga ou outras práticas meditativas, como o mindfulness, que integra atenção plena e exercícios respiratórios. Neste aspecto, o cuidado é com a mente, pois é essencial que ela esteja tranquila para que o estudante tenha controle emocional para o período. 3 - Encoraje os pensamentos positivos Quando o estudante está no processo pré-vestibular, é muito importante preservar os pensamentos positivos e acreditar na sua capacidade de aprovação. Pense que você fez todo o possível para que estivesse apto a conquistar a vaga desejada, não abandone a sua convicção. Neste aspecto, também filtre qualquer comentário negativo que possa minar sua autoconfiança, e acredite no seu potencial. 4 - Invista em alguns momentos de descontração Ter alguns momentos de lazer e descontração nesse período funciona como uma válvula de escape para as tensões pré-vestibulares. Então, em meio à sua rotina de estudos, reserve momentos para se encontrar e rir com os amigos ou familiares de vez em quando. Para quem estuda diariamente, reservar um dia na semana, como o domingo, para fazer uma caminhada ao ar livre, ir ao cinema, assistir séries ou fazer um passeio tranquilo com os pets é perfeitamente possível mesmo com uma árdua rotina pré-vestibular. 5 - Não estude na véspera dos vestibulares Estudar na véspera das provas pode parecer até uma boa ideia, mas saiba que essa atitude pode até contribuir com a sua ansiedade pré-vestibular. Quem já se preparou muito bem durante o ano inteiro, tem esse privilégio de poder deixar a mente mais tranquila no dia anterior, e chegar nas provas com o corpo e a cabeça totalmente descansados. Será mais produtivo para os resultados. Conte com o Colégio Planck! Além do alto desempenho, o método pedagógico do Colégio Planck está amparado no pilar do desenvolvimento socioemocional. Isso significa que os estudantes são preparados para o enfrentamento de situações como as provas dos vestibulares. Nas mais variadas práticas pedagógicas, eles aprendem a desenvolver foco, disciplina, organização, resiliência, tolerância às frustrações, autogestão, etc. Por meio da Orientação Educacional, o Colégio Planck também oferece aos estudantes todo o suporte para elaboração de uma plano de estudos individualizado. Além disso, proporciona simulados, Programa Semanal de Redação, Plantão de Dúvidas e aulas eletivas que ajudam os estudantes a aliviar suas tensões, como esportes e artes.

2 – Mantenha uma rotina equilibrada

Essa é uma fase árdua que exige até mesmo um bom preparo físico e mental. Portanto, investir em uma boa alimentação e horas suficientes de sono também vão ajudar nessa rotina equilibrada.

Além disso, praticar exercícios físicos ajudam a aliviar as tensões e deixar o corpo mais preparado para os desafios da maratona de provas. Mas, o importante é buscar atividades que goste, para que gerem prazer. Não pode ser mais uma obrigação na vida do estudante.

Alguns estudantes também podem investir em técnicas de relaxamento, que podem ser aulas como yoga ou outras práticas meditativas, como o mindfulness, que integra atenção plena e exercícios respiratórios. 

Neste aspecto, o cuidado é com a mente, pois é essencial que ela esteja tranquila para que o estudante tenha controle emocional para o período.

3 – Encoraje os pensamentos positivos

Quando o estudante está no processo pré-vestibular, é muito importante preservar os pensamentos positivos e acreditar na sua capacidade de aprovação.

Pense que você fez todo o possível para que estivesse apto a conquistar a vaga desejada, não abandone a sua convicção.

Neste aspecto, também filtre qualquer comentário negativo que possa minar sua autoconfiança, e acredite no seu potencial.

4 – Invista em alguns momentos de descontração

Ter alguns momentos de lazer e descontração nesse período funciona como uma válvula de escape para as tensões pré-vestibulares.

Então, em meio à sua rotina de estudos, reserve momentos para se encontrar e rir com os amigos ou familiares de vez em quando.

Para quem estuda diariamente, reservar um dia na semana, como o domingo, para fazer uma caminhada ao ar livre, ir ao cinema, assistir séries ou fazer um passeio tranquilo com os pets é perfeitamente possível mesmo com uma árdua rotina pré-vestibular.

Ninguém nega que a ansiedade pré-vestibular é uma constante na rotina dos estudantes da terceira série do ensino médio, dos frequentadores dos cursinhos e dos treineiros. Será que tem como se livrar dessa emoção ou pelo menos reduzir os efeitos dela no dia a dia? Leia nesse texto, 5 dicas que vão ajudar a lidar melhor com essa reação do organismo frente a esse período da vida. Por que surge a ansiedade pré-vestibular? A preparação para o vestibular é um processo árduo. São muitas horas dedicadas ao conhecimento dos conteúdos, que exigem também muito foco e disciplina para retê-los na mente. Não bastasse a carga horária puxada, muitas vezes, ainda têm a autocobrança pelos próprios resultados, os comparativos que surgem dentro do próprio vestibulando em relação a outros candidatos que podem estar mais preparados, o medo de não estar escolhendo o curso certo, enfim, são muitas variáveis. Com tanto peso sobre os ombros, é mais do que natural que essa tal ansiedade pré-vestibular surja dentro de quem está estudando duramente mirando uma aprovação à sua frente. A ansiedade é provocada pelo medo e insegurança em relação ao desconhecido, gera preocupações intensas, excessivas e persistentes, que podem provocar diversos sintomas, como dificuldades de assimilar conteúdos, falta de confiança e concentração, irritabilidade, dificuldade para gerir o próprio tempo e até levar a certos transtornos. Portanto, o melhor é procurar conhecer o universo do vestibular ao máximo e se preparar para ele para evitar ou minimizar essa emoção. Veja aqui 5 dicas que vão ajudar a levar essa fase com mais tranquilidade: (foto) 1 - Prepare-se bem O bom planejamento é essencial para atingir os resultados desejados. Assim, com muita organização e foco, além das aulas curriculares, invista em um plano de estudos diário. Nessas horas de estudo em casa, tenha tudo o que for necessário, tanto os materiais necessários, como um cronograma bem planejado, com os tempos de estudo de cada disciplina, elaboração de redação, etc. Além de escolher um lugar silencioso para estudar, também evite as distrações, como TVs ligadas, notificações de redes sociais, etc. De preferência, invista em uma ferramenta própria para ajudar no foco, por exemplo, a técnica pomodoro, que está disponível em aplicativos. Além disso, faça todos os simulados e redações sugeridas pelo Colégio, que vão oferecer um termômetro do seu desempenho ao longo do ano e vai possibilitar saber onde precisa centrar mais atenção. Para isso, frequentar os Plantões de Dúvidas também vai ajudar a dar mais segurança sobre seus resultados. Outro ponto importante, é conhecer bem os vestibulares que vai prestar, para se preparar de forma adequada. Quando o estudante se prepara bem, ele sabe que todo o esforço necessário foi realizado e ele está pronto para o que vier. (foto) 2 - Mantenha uma rotina equilibrada Essa é uma fase árdua que exige até mesmo um bom preparo físico e mental. Portanto, investir em uma boa alimentação e horas suficientes de sono também vão ajudar nessa rotina equilibrada. Além disso, praticar exercícios físicos ajudam a aliviar as tensões e deixar o corpo mais preparado para os desafios da maratona de provas. Mas, o importante é buscar atividades que goste, para que gerem prazer. Não pode ser mais uma obrigação na vida do estudante. Alguns estudantes também podem investir em técnicas de relaxamento, que podem ser aulas como yoga ou outras práticas meditativas, como o mindfulness, que integra atenção plena e exercícios respiratórios. Neste aspecto, o cuidado é com a mente, pois é essencial que ela esteja tranquila para que o estudante tenha controle emocional para o período. 3 - Encoraje os pensamentos positivos Quando o estudante está no processo pré-vestibular, é muito importante preservar os pensamentos positivos e acreditar na sua capacidade de aprovação. Pense que você fez todo o possível para que estivesse apto a conquistar a vaga desejada, não abandone a sua convicção. Neste aspecto, também filtre qualquer comentário negativo que possa minar sua autoconfiança, e acredite no seu potencial. 4 - Invista em alguns momentos de descontração Ter alguns momentos de lazer e descontração nesse período funciona como uma válvula de escape para as tensões pré-vestibulares. Então, em meio à sua rotina de estudos, reserve momentos para se encontrar e rir com os amigos ou familiares de vez em quando. Para quem estuda diariamente, reservar um dia na semana, como o domingo, para fazer uma caminhada ao ar livre, ir ao cinema, assistir séries ou fazer um passeio tranquilo com os pets é perfeitamente possível mesmo com uma árdua rotina pré-vestibular. 5 - Não estude na véspera dos vestibulares Estudar na véspera das provas pode parecer até uma boa ideia, mas saiba que essa atitude pode até contribuir com a sua ansiedade pré-vestibular. Quem já se preparou muito bem durante o ano inteiro, tem esse privilégio de poder deixar a mente mais tranquila no dia anterior, e chegar nas provas com o corpo e a cabeça totalmente descansados. Será mais produtivo para os resultados. Conte com o Colégio Planck! Além do alto desempenho, o método pedagógico do Colégio Planck está amparado no pilar do desenvolvimento socioemocional. Isso significa que os estudantes são preparados para o enfrentamento de situações como as provas dos vestibulares. Nas mais variadas práticas pedagógicas, eles aprendem a desenvolver foco, disciplina, organização, resiliência, tolerância às frustrações, autogestão, etc. Por meio da Orientação Educacional, o Colégio Planck também oferece aos estudantes todo o suporte para elaboração de uma plano de estudos individualizado. Além disso, proporciona simulados, Programa Semanal de Redação, Plantão de Dúvidas e aulas eletivas que ajudam os estudantes a aliviar suas tensões, como esportes e artes.

5 – Não estude na véspera dos vestibulares

Estudar na véspera das provas pode parecer até uma boa ideia, mas saiba que essa atitude pode até contribuir com a sua ansiedade pré-vestibular.

Quem já se preparou muito bem durante o ano inteiro, tem esse privilégio de poder deixar a mente mais tranquila no dia anterior, e chegar nas provas com o corpo e a cabeça totalmente descansados. Será mais produtivo para os resultados.

Conte com o Colégio Planck!

Além do alto desempenho, o método pedagógico do Colégio Planck está amparado no pilar do desenvolvimento socioemocional.

Isso significa que os estudantes são preparados para o enfrentamento de situações como as provas dos vestibulares. Nas mais variadas práticas pedagógicas, eles aprendem a desenvolver foco, disciplina, organização, resiliência, tolerância às frustrações, autogestão, etc.

Por meio da Orientação Educacional, o Colégio Planck também oferece aos estudantes todo o suporte para elaboração de uma plano de estudos individualizado. 

Além disso, proporciona simulados, Programa Semanal de Redação, Plantão de Dúvidas e aulas eletivas que ajudam os estudantes a aliviar suas tensões, como esportes e artes.

Leia também:

 

Compartilhe:

Leia também:

Translate »