Quais são as disciplinas oferecidas a partir do 6º ano?

Conteúdo
A passagem para o 6º ano do Ensino Fundamental pode ser bastante intensa para os estudantes, a começar pelo aumento do número de professores. Veja quais são as novas disciplinas desse período escolar e o que o Colégio Planck faz para possibilitar que essa transição seja mais tranquila. O que muda do 5º para o 6º ano? Em muitos aspectos, a transição do ensino fundamental anos iniciais para os anos finais vai gerar uma certa insegurança nos estudantes. Além das próprias mudanças que eles vivenciam no corpo e comportamento nesta fase, ainda surge uma outra configuração pedagógica, com diferente estrutura curricular e novo perfil de professores. Quando o estudante ingressa no 6º ano, ele é desafiado a desenvolver uma outra postura pessoal e acadêmica, serão novas responsabilidades, deveres e carga horária. Além disso, muitos também vivenciam uma mudança de escola, sujeitando-os a uma adaptação importante com a cultura da instituição escolar e a construção de novas amizades e relacionamentos com o time pedagógico. Neste momento, começa um desenvolvimento socioemocional significativo que coloca em seus vocabulários palavras como: organização, foco, autogestão, entre outras competências essenciais para o desempenho pedagógico. Quais são as disciplinas do 6º ano do Ensino Fundamental? Para o filósofo e matemático René Descartes, para obtenção do conhecimento, é necessário fragmentar conteúdos em parcelas menores para facilitar a avaliação posterior. É pela influência desse método cartesiano de reflexão que as disciplinas escolares estão configuradas. E é justamente a partir do 6º ano, que os estudantes vão vivenciar essa fragmentação de forma definitiva, não só nas disciplinas, mas também no número de professores, até o término do ciclo de formação básica no Ensino Médio. Até o 5º ano, a maioria dos estudantes tinham um único professor que ministrava todos conteúdos (Português, Matemática, História, Geografia, Inglês, Arte e Informática), mas a partir do 6º ano isso muda. Para cada nova disciplina, eles terão um professor. A partir da homologação da BNCC (Base Nacional Comum Curricular), quando os estudantes chegam ao 6º ano, as novas disciplinas são divididas em áreas de conhecimento: Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza e Ciências Humanas. Dentro de cada uma delas, há os seus componentes, que são as disciplinas, que nesta fase, ganham mais complexidade. São elas: Linguagens Língua Portuguesa Arte Educação Física Língua Inglesa Matemática Matemática Ciências da Natureza Ciências Ciências Humanas História Geografia Projetos Pedagógicos oferecidos pelo Colégio Planck Para o desenvolvimento de habilidades socioemocionais, que é um dos pilares do Colégio Planck, além do alto desempenho, são oferecidas ferramentas pedagógicas que estão em consonância com a metodologia da aprendizagem baseada em projetos e aprendizagem colaborativa. Esses projetos especiais visam especialmente o desenvolvimento do protagonismo dos estudantes a partir dessa nova fase escolar, além do pensamento crítico, criatividade e socialização. Entre eles, estão: Academia Sherlock A Academia Sherlock é um conjunto de ações pedagógicas, que são desenvolvidas em um ambiente lúdico e que utiliza como ferramenta a metodologia ativa de aprendizagem conhecida como “estudo de caso”. Com essa abordagem, pressupõe a participação dos estudantes na resolução de situações problemas ou contexto para que ele aprenda a partir da experimentação. Nesta disciplina, o estudante utiliza, de forma prática, seus conhecimentos ou seu repertório de informações, interligando e relacionando teorias com práticas. Clube de Debates O Clube de Debates trabalha a confiança dos estudantes para falar e estimular relacionamentos. Nesta disciplina, os estudantes desenvolvem e aprofundam o conhecimento e a compreensão do assunto. Em duplas, trios ou grupos os estudantes se tornam exploradores do assunto em questão. Laboratório de Soluções O Laboratório Design Maker é um espaço dedicado à experimentação, onde os estudantes são incentivados a criar, construir e a trabalhar de forma colaborativa. É uma das ferramentas mais importantes de aprendizado, pois a cultura maker atua como um canal para o desenvolvimento das habilidades socioemocionais. Dessa forma, os estudantes podem estimular a imaginação, criatividade, invenção, entre outras habilidades. Como funciona o 6º ano no Colégio Planck? O Programa Curricular do Colégio Planck foi construído de forma a proporcionar experiências e vivências para que os estudantes possam desenvolver-se de maneira integral nos aspectos cognitivo, social, emocional, físico e ético. A equipe do Colégio Planck sabe que a passagem para o 6º ano é uma fase de transição importante e que pode gerar muita insegurança nos estudantes, por isso, é totalmente responsável pelo acolhimento, diagnóstico e nivelamento desses novos integrantes. O acolhimento dos novos estudantes é realizado por uma Orientação Educacional dedicada para o 6º ano, que vai ajudá-los a fazer uma leitura do novo ambiente, estabelecendo uma relação de franqueza e confiança. Questões como dificuldades com as novas disciplinas, avaliações, o medo de tantas matérias, a dificuldade de se organizar para estudar, organização com o próprio material didático e até o medo de se perder dentro das novas instalações, são questões amenizadas a partir do diálogo constante com a Orientação Educacional. Portanto, dentro desse processo, a Orientação está totalmente aberta para uma escuta atenta e um caminhar junto com eles para que recebam o maior apoio possível para enfrentar os novos desafios e aproveitar de forma mais tranquila essa fase de descobertas e crescimento.
Estudantes Colégio Planck

A passagem para o 6º ano do Ensino Fundamental pode ser bastante intensa para os estudantes, a começar pelo aumento do número de professores.

Veja quais são as novas disciplinas desse período escolar e o que o Colégio Planck faz para possibilitar que essa transição seja mais tranquila.

O que muda do 5º para o 6º ano?

Em muitos aspectos, a transição do ensino fundamental anos iniciais para os anos finais vai gerar uma certa insegurança nos estudantes. 

Além das próprias mudanças que eles vivenciam no corpo e comportamento nesta fase, ainda surge uma outra configuração pedagógica, com diferente estrutura curricular e novo perfil de professores. 

Quando o estudante ingressa no 6º ano, ele é desafiado a desenvolver uma outra postura pessoal e acadêmica, serão novas responsabilidades, deveres e carga horária.

Além disso, muitos também vivenciam uma mudança de escola, sujeitando-os a uma adaptação importante com a cultura da instituição escolar e a construção de novas amizades e relacionamentos com o time pedagógico.

Neste momento, começa um desenvolvimento socioemocional significativo que coloca em seus vocabulários palavras como: organização, foco, autogestão, entre outras competências essenciais para o desempenho pedagógico.

A passagem para o 6º ano do Ensino Fundamental pode ser bastante intensa para os estudantes, a começar pelo aumento do número de professores. Veja quais são as novas disciplinas desse período escolar e o que o Colégio Planck faz para possibilitar que essa transição seja mais tranquila. O que muda do 5º para o 6º ano? Em muitos aspectos, a transição do ensino fundamental anos iniciais para os anos finais vai gerar uma certa insegurança nos estudantes. Além das próprias mudanças que eles vivenciam no corpo e comportamento nesta fase, ainda surge uma outra configuração pedagógica, com diferente estrutura curricular e novo perfil de professores. Quando o estudante ingressa no 6º ano, ele é desafiado a desenvolver uma outra postura pessoal e acadêmica, serão novas responsabilidades, deveres e carga horária. Além disso, muitos também vivenciam uma mudança de escola, sujeitando-os a uma adaptação importante com a cultura da instituição escolar e a construção de novas amizades e relacionamentos com o time pedagógico. Neste momento, começa um desenvolvimento socioemocional significativo que coloca em seus vocabulários palavras como: organização, foco, autogestão, entre outras competências essenciais para o desempenho pedagógico. Quais são as disciplinas do 6º ano do Ensino Fundamental? Para o filósofo e matemático René Descartes, para obtenção do conhecimento, é necessário fragmentar conteúdos em parcelas menores para facilitar a avaliação posterior. É pela influência desse método cartesiano de reflexão que as disciplinas escolares estão configuradas. E é justamente a partir do 6º ano, que os estudantes vão vivenciar essa fragmentação de forma definitiva, não só nas disciplinas, mas também no número de professores, até o término do ciclo de formação básica no Ensino Médio. Até o 5º ano, a maioria dos estudantes tinham um único professor que ministrava todos conteúdos (Português, Matemática, História, Geografia, Inglês, Arte e Informática), mas a partir do 6º ano isso muda. Para cada nova disciplina, eles terão um professor. A partir da homologação da BNCC (Base Nacional Comum Curricular), quando os estudantes chegam ao 6º ano, as novas disciplinas são divididas em áreas de conhecimento: Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza e Ciências Humanas. Dentro de cada uma delas, há os seus componentes, que são as disciplinas, que nesta fase, ganham mais complexidade. São elas: Linguagens Língua Portuguesa Arte Educação Física Língua Inglesa Matemática Matemática Ciências da Natureza Ciências Ciências Humanas História Geografia Projetos Pedagógicos oferecidos pelo Colégio Planck Para o desenvolvimento de habilidades socioemocionais, que é um dos pilares do Colégio Planck, além do alto desempenho, são oferecidas ferramentas pedagógicas que estão em consonância com a metodologia da aprendizagem baseada em projetos e aprendizagem colaborativa. Esses projetos especiais visam especialmente o desenvolvimento do protagonismo dos estudantes a partir dessa nova fase escolar, além do pensamento crítico, criatividade e socialização. Entre eles, estão: Academia Sherlock A Academia Sherlock é um conjunto de ações pedagógicas, que são desenvolvidas em um ambiente lúdico e que utiliza como ferramenta a metodologia ativa de aprendizagem conhecida como “estudo de caso”. Com essa abordagem, pressupõe a participação dos estudantes na resolução de situações problemas ou contexto para que ele aprenda a partir da experimentação. Nesta disciplina, o estudante utiliza, de forma prática, seus conhecimentos ou seu repertório de informações, interligando e relacionando teorias com práticas. Clube de Debates O Clube de Debates trabalha a confiança dos estudantes para falar e estimular relacionamentos. Nesta disciplina, os estudantes desenvolvem e aprofundam o conhecimento e a compreensão do assunto. Em duplas, trios ou grupos os estudantes se tornam exploradores do assunto em questão. Laboratório de Soluções O Laboratório Design Maker é um espaço dedicado à experimentação, onde os estudantes são incentivados a criar, construir e a trabalhar de forma colaborativa. É uma das ferramentas mais importantes de aprendizado, pois a cultura maker atua como um canal para o desenvolvimento das habilidades socioemocionais. Dessa forma, os estudantes podem estimular a imaginação, criatividade, invenção, entre outras habilidades. Como funciona o 6º ano no Colégio Planck? O Programa Curricular do Colégio Planck foi construído de forma a proporcionar experiências e vivências para que os estudantes possam desenvolver-se de maneira integral nos aspectos cognitivo, social, emocional, físico e ético. A equipe do Colégio Planck sabe que a passagem para o 6º ano é uma fase de transição importante e que pode gerar muita insegurança nos estudantes, por isso, é totalmente responsável pelo acolhimento, diagnóstico e nivelamento desses novos integrantes. O acolhimento dos novos estudantes é realizado por uma Orientação Educacional dedicada para o 6º ano, que vai ajudá-los a fazer uma leitura do novo ambiente, estabelecendo uma relação de franqueza e confiança. Questões como dificuldades com as novas disciplinas, avaliações, o medo de tantas matérias, a dificuldade de se organizar para estudar, organização com o próprio material didático e até o medo de se perder dentro das novas instalações, são questões amenizadas a partir do diálogo constante com a Orientação Educacional. Portanto, dentro desse processo, a Orientação está totalmente aberta para uma escuta atenta e um caminhar junto com eles para que recebam o maior apoio possível para enfrentar os novos desafios e aproveitar de forma mais tranquila essa fase de descobertas e crescimento.
Estudante – Colégio Planck

Quais são as disciplinas do 6º ano do Ensino Fundamental?

Para o filósofo e matemático René Descartes, para obtenção do conhecimento, é necessário fragmentar conteúdos em parcelas menores para facilitar a avaliação posterior. 

É pela influência desse método cartesiano de reflexão que as disciplinas escolares estão configuradas. E é justamente a partir do 6º ano, que os estudantes vão vivenciar essa fragmentação de forma definitiva, não só nas disciplinas, mas também no número de professores, até o término do ciclo de formação básica no Ensino Médio.

Até o 5º ano, a maioria dos estudantes tinham um único professor que ministrava todos conteúdos (Português, Matemática, História, Geografia, Inglês, Arte e Informática), mas a partir do 6º ano isso muda. Para cada nova disciplina, eles terão um professor.

A partir da homologação da BNCC (Base Nacional Comum Curricular), quando os estudantes chegam ao 6º ano, as novas disciplinas são divididas em áreas de conhecimento: Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza e Ciências Humanas. Dentro de cada uma delas, há os seus componentes, que são as disciplinas, que nesta fase, ganham mais complexidade. 

São elas:

Áreas de conhecimento e disciplinas do 6º ano Linguagens Língua Portuguesa Arte Educação Física Língua Inglesa Matemática Matemática Ciências da Natureza Ciências Ciências Humanas História Geografia

 

Projetos Pedagógicos oferecidos pelo Colégio Planck

Para o desenvolvimento de habilidades socioemocionais, que é um dos pilares do Colégio Planck, além do alto desempenho, são oferecidas ferramentas pedagógicas que estão em consonância com a metodologia da aprendizagem baseada em projetos e aprendizagem colaborativa.

Esses projetos especiais visam especialmente o desenvolvimento do protagonismo dos estudantes a partir dessa nova fase escolar, além do pensamento crítico, criatividade e socialização. Entre eles, estão:

Academia Sherlock

A Academia Sherlock é um conjunto de ações pedagógicas, que são desenvolvidas em um ambiente lúdico e que utiliza como ferramenta a metodologia ativa de aprendizagem conhecida como “estudo de caso”.

Com essa abordagem, pressupõe a participação dos estudantes na resolução de situações problemas ou contexto para que ele aprenda a partir da experimentação.

Nesta disciplina, o estudante utiliza, de forma prática, seus conhecimentos ou seu repertório de informações, interligando e relacionando teorias com práticas.

Leia também:

Clique e agende uma visita. Matrículas Planck 2024.

Clube de Debates

O Clube de Debates trabalha a confiança dos estudantes para falar e estimular relacionamentos. 

Nesta disciplina, os estudantes desenvolvem e aprofundam o conhecimento e a compreensão do assunto. Em duplas, trios ou grupos os estudantes se tornam exploradores do assunto em questão.

Laboratório de Soluções

O Laboratório Design Maker é um espaço dedicado à experimentação, onde os estudantes são incentivados a criar, construir e a trabalhar de forma colaborativa. É uma das ferramentas mais importantes de aprendizado, pois a cultura maker atua como um canal para o desenvolvimento das habilidades socioemocionais.

Dessa forma, os estudantes podem estimular a imaginação, criatividade, invenção, entre outras habilidades.

No Colégio Planck, os estudantes são acolhidos emocionalmente e têm um ambiente seguro e cuidadoso para que se sintam respeitados e valorizados como indivíduos.

Como funciona o 6º ano no Colégio Planck?

O Programa Curricular do Colégio Planck foi construído de forma a proporcionar experiências e vivências para que os estudantes possam desenvolver-se de maneira integral nos aspectos cognitivo, social, emocional, físico e ético.

A equipe do Colégio Planck sabe que a passagem para o 6º ano é uma fase de transição importante e que pode gerar muita insegurança nos estudantes, por isso, é totalmente responsável pelo acolhimento, diagnóstico e nivelamento desses novos integrantes.

O acolhimento dos novos estudantes é realizado por uma Orientação Educacional dedicada para o 6º ano, que vai ajudá-los a fazer uma leitura do novo ambiente, estabelecendo uma relação de franqueza e confiança. 

Questões como dificuldades com as novas disciplinas, avaliações, o medo de tantas matérias, a dificuldade de se organizar para estudar, organização com o próprio material didático e até o medo de se perder dentro das novas instalações, são questões amenizadas a partir do diálogo constante com a Orientação Educacional.

Portanto, dentro desse processo, a Orientação está totalmente aberta para uma escuta atenta e um caminhar junto com eles para que recebam o maior apoio possível para enfrentar os novos desafios e aproveitar de forma mais tranquila essa fase de descobertas e crescimento.

Leia também:

ebook ensino fundamental anos finais

Compartilhe:

Compartilhe:

Leia também:

O Ensino Fundamental 2 é um período de aprendizagem importante para as crianças e pré-adolescentes, pois marca sua passagem para um mundo com mais responsabilidades e deveres, que caminha junto a mudanças físicas e neurológicas. No ambiente escolar, os estudantes deparam-se com novos desafios, mas também com novas oportunidades e paixões. É neste momento que suas vozes despertam e começam a descobrir-se como pessoas.

Ensino fundamental 2: o que esperar?

O Ensino Fundamental 2 é um período de aprendizagem importante para as crianças e pré-adolescentes, pois marca sua passagem para um mundo com mais responsabilidades

Translate »