Práticas pedagógicas para encantar estudantes do Ensino Fundamental

Conteúdo

Sabia que as práticas pedagógicas podem gerar o interesse dos estudantes e estimular o processo de aprendizagem no Ensino Fundamental? Entenda nesse texto o que são e qual a sua importância nas atividades curriculares. Como as pessoas aprendem? Muitos elementos já mudaram na Educação: as configurações das salas de aula, as estratégias dos professores e a chegada da pandemia, que, definitivamente, mudou as escolas. Mas ao longo do tempo, mudou também a forma como as pessoas aprendem. A neurociência aponta que a aprendizagem pode ser favorecida de acordo com a forma como a informação é captada, assimilada e armazenada. Além disso, o aprendizado também está associado a questões psicológicas, biológicas, pedagógicas e sociais, que podem favorecer ou criar desafios individuais. É preciso avaliar que nem sempre o que funciona para uma disciplina serve para outra, portanto, as práticas pedagógicas podem favorecer a interação desses fatores para estimular a aprendizagem. No entanto, essas práticas também devem ser dinâmicas e inclusivas, porque é necessário que a Educação esteja em constante transformação, visando a heterogeneidade dos aprendizados nessa era de transformação digital. Alguns estudantes aprendem melhor com estímulos teóricos das aulas expositivas, outros com estímulos visuais, já outros preferem as ferramentas auditivas e assim por diante. Para acompanhar essa necessidade de mudanças na aprendizagem de um estudante, surgiram as metodologias ativas, com ferramentas como a aprendizagem baseada em projetos, que é um dos pilares do processo pedagógico do Colégio Planck, e onde também estão inseridas as práticas pedagógicas. Leia mais: Neurociência: como funciona o cérebro de um adolescente Mas, o que são práticas pedagógicas? Esse é um conceito em constante atualização, mas pode ser explicado como um conjunto de ações intencionais que vão favorecer o desenvolvimento dos estudantes. A importância dessas práticas é, principalmente, manter os estudantes engajados e favorecer o aprendizado. Em muitas dessas práticas pedagógicas, os estudantes passam a ser protagonistas e responsáveis pelo próprio processo de construção de conhecimento, sendo orientados e acompanhados pelos professores. Essas atividades de ensino, que ocorrem dentro ou fora da sala de aula, oferecem experiências que vão favorecer a criatividade e espontaneidade dos estudantes, fazendo um vínculo da teoria com a prática. No entanto, para serem bem-sucedidas, é preciso que se leve em consideração a etapa de escolarização, as necessidades dos estudantes e o contexto cultural e social onde estão inseridos. Por isso, as práticas pedagógicas devem ser condizentes com o perfil da instituição, do educador e da própria turma. Portanto, o próprio educador deve analisar o que é coerente e seguro para ele próprio, para passar o conteúdo da forma mais clara e precisa, e o que vai despertar a atenção dos estudantes. Assim, as instituições precisam se reinventar sempre, buscando novas formas e estratégias para atrair a atenção das novas gerações de estudantes. Quais as principais práticas pedagógicas? As práticas pedagógicas vão estar associadas à interação desses elementos que compõem o aprendizado, visando proporcionar engajamento, motivação, desenvolvimento e interesse dos estudantes. Veja algumas práticas pedagógicas: Uso de tecnologias Todos os estudantes do Ensino Fundamental Anos Finais são nativos digitais, portanto, o uso da tecnologia para eles é um processo bastante natural que foi amplamente favorecido com a pandemia. No período do isolamento social, foi possível dar continuidade no cronograma curricular com o uso das ferramentas tecnológicas, como as aulas remotas, e a adoção do ensino híbrido. Com o uso das tecnologias, é possível garantir mais personalização, interatividade, dinâmica e melhor preparação dos estudantes a partir de fontes online. Entre o uso dessas novas tecnologias nas práticas pedagógicas, umas das ferramentas é a gamificação, que é muito interessante para geração de nativos digitais. Pode ser utilizada por meio de um sistema de pontos por participação em atividades ou entrega de tarefas que geram bastante engajamento dos estudantes. Resolução coletiva de situações problema Neste tipo de prática pedagógica, os estudantes são conduzidos pelos professores a encontrar uma solução para um problema, a partir de conhecimentos já trabalhados e que vão estimular pensamento crítico e criatividade. A partir da aprendizagem baseada em projetos, essas soluções podem ser encontradas em atividades de diversas disciplinas. No Planck, essa prática pedagógica é adotada na aprendizagem colaborativa, na qual os estudantes são estimulados a encontrar soluções e não ficarem acomodados em respostas prontas, em projetos como a Academia Sherlock e o laboratório Design Maker. Trabalhos em grupo Os trabalhos em grupos também são práticas pedagógicas importantes, pois permitem o desenvolvimento da cooperação e do estímulo de pontos fortes, como por exemplo, empatia, comunicação, criatividade, capacidade de negociação, etc. Além disso, os trabalhos em grupo também geram mais dinamismo na sala de aula, oferecendo uma oportunidade de participação mais ativa de cada estudante. Leitura frequente de textos Incentivar a leitura de textos dos mais diversificados está entre as práticas pedagógicas mais importantes para desenvolver vocabulário, entender significados e construir conhecimentos. O leque deve ser variado para permitir que os estudantes tenham mais familiaridade com os diversos gêneros, pode ser notícias, obras literárias, histórias em quadrinhos, cartas, etc. Interdisciplinaridade As práticas pedagógicas realizadas entre as diferentes disciplinas podem tornar o aprendizado mais rico para os estudantes. Ao associar os conteúdos e demonstrar que eles têm relação com a vida prática do estudante, é possível gerar mais interesse e motivação. Conclusão A partir de seus pilares educacionais, o Colégio Planck investe em práticas pedagógicas que possibilitam o desenvolvimento cognitivo e socioemocional de seus estudantes, ampliando as suas bagagens de conteúdo nas mais variadas disciplinas. Além das atividades planejadas para as disciplinas curriculares, também são oferecidas 38 extracurriculares para atender aos mais diversos interesses e heterogeneidade de aprendizados de seus estudantes, permitindo que eles continuem engajados, interessados e motivados na construção do próprio conhecimento.

Sabia que as práticas pedagógicas podem gerar o interesse dos estudantes e estimular o processo de aprendizagem no Ensino Fundamental?

Entenda nesse texto o que são e qual a sua importância nas atividades curriculares.

Como as pessoas aprendem?

Muitos elementos já mudaram na Educação: as configurações das salas de aula, as estratégias dos professores e a chegada da pandemia, que, definitivamente, mudou as escolas. Mas ao longo do tempo, mudou também a forma como as pessoas aprendem.

A neurociência aponta que a aprendizagem pode ser favorecida de acordo com a forma como a informação é captada, assimilada e armazenada.

Além disso,  o aprendizado também está associado a questões psicológicas, biológicas, pedagógicas e sociais, que podem favorecer ou criar desafios individuais.

É preciso avaliar que nem sempre o que funciona para uma disciplina serve para outra, portanto, as práticas pedagógicas podem favorecer a interação desses fatores para estimular a aprendizagem.

Sabia que as práticas pedagógicas podem gerar o interesse dos estudantes e estimular o processo de aprendizagem no Ensino Fundamental? Entenda nesse texto o que são e qual a sua importância nas atividades curriculares. Como as pessoas aprendem? Muitos elementos já mudaram na Educação: as configurações das salas de aula, as estratégias dos professores e a chegada da pandemia, que, definitivamente, mudou as escolas. Mas ao longo do tempo, mudou também a forma como as pessoas aprendem. A neurociência aponta que a aprendizagem pode ser favorecida de acordo com a forma como a informação é captada, assimilada e armazenada. Além disso, o aprendizado também está associado a questões psicológicas, biológicas, pedagógicas e sociais, que podem favorecer ou criar desafios individuais. É preciso avaliar que nem sempre o que funciona para uma disciplina serve para outra, portanto, as práticas pedagógicas podem favorecer a interação desses fatores para estimular a aprendizagem. No entanto, essas práticas também devem ser dinâmicas e inclusivas, porque é necessário que a Educação esteja em constante transformação, visando a heterogeneidade dos aprendizados nessa era de transformação digital. Alguns estudantes aprendem melhor com estímulos teóricos das aulas expositivas, outros com estímulos visuais, já outros preferem as ferramentas auditivas e assim por diante. Para acompanhar essa necessidade de mudanças na aprendizagem de um estudante, surgiram as metodologias ativas, com ferramentas como a aprendizagem baseada em projetos, que é um dos pilares do processo pedagógico do Colégio Planck, e onde também estão inseridas as práticas pedagógicas. Leia mais: Neurociência: como funciona o cérebro de um adolescente Mas, o que são práticas pedagógicas? Esse é um conceito em constante atualização, mas pode ser explicado como um conjunto de ações intencionais que vão favorecer o desenvolvimento dos estudantes. A importância dessas práticas é, principalmente, manter os estudantes engajados e favorecer o aprendizado. Em muitas dessas práticas pedagógicas, os estudantes passam a ser protagonistas e responsáveis pelo próprio processo de construção de conhecimento, sendo orientados e acompanhados pelos professores. Essas atividades de ensino, que ocorrem dentro ou fora da sala de aula, oferecem experiências que vão favorecer a criatividade e espontaneidade dos estudantes, fazendo um vínculo da teoria com a prática. No entanto, para serem bem-sucedidas, é preciso que se leve em consideração a etapa de escolarização, as necessidades dos estudantes e o contexto cultural e social onde estão inseridos. Por isso, as práticas pedagógicas devem ser condizentes com o perfil da instituição, do educador e da própria turma. Portanto, o próprio educador deve analisar o que é coerente e seguro para ele próprio, para passar o conteúdo da forma mais clara e precisa, e o que vai despertar a atenção dos estudantes. Assim, as instituições precisam se reinventar sempre, buscando novas formas e estratégias para atrair a atenção das novas gerações de estudantes. Quais as principais práticas pedagógicas? As práticas pedagógicas vão estar associadas à interação desses elementos que compõem o aprendizado, visando proporcionar engajamento, motivação, desenvolvimento e interesse dos estudantes. Veja algumas práticas pedagógicas: Uso de tecnologias Todos os estudantes do Ensino Fundamental Anos Finais são nativos digitais, portanto, o uso da tecnologia para eles é um processo bastante natural que foi amplamente favorecido com a pandemia. No período do isolamento social, foi possível dar continuidade no cronograma curricular com o uso das ferramentas tecnológicas, como as aulas remotas, e a adoção do ensino híbrido. Com o uso das tecnologias, é possível garantir mais personalização, interatividade, dinâmica e melhor preparação dos estudantes a partir de fontes online. Entre o uso dessas novas tecnologias nas práticas pedagógicas, umas das ferramentas é a gamificação, que é muito interessante para geração de nativos digitais. Pode ser utilizada por meio de um sistema de pontos por participação em atividades ou entrega de tarefas que geram bastante engajamento dos estudantes. Resolução coletiva de situações problema Neste tipo de prática pedagógica, os estudantes são conduzidos pelos professores a encontrar uma solução para um problema, a partir de conhecimentos já trabalhados e que vão estimular pensamento crítico e criatividade. A partir da aprendizagem baseada em projetos, essas soluções podem ser encontradas em atividades de diversas disciplinas. No Planck, essa prática pedagógica é adotada na aprendizagem colaborativa, na qual os estudantes são estimulados a encontrar soluções e não ficarem acomodados em respostas prontas, em projetos como a Academia Sherlock e o laboratório Design Maker. Trabalhos em grupo Os trabalhos em grupos também são práticas pedagógicas importantes, pois permitem o desenvolvimento da cooperação e do estímulo de pontos fortes, como por exemplo, empatia, comunicação, criatividade, capacidade de negociação, etc. Além disso, os trabalhos em grupo também geram mais dinamismo na sala de aula, oferecendo uma oportunidade de participação mais ativa de cada estudante. Leitura frequente de textos Incentivar a leitura de textos dos mais diversificados está entre as práticas pedagógicas mais importantes para desenvolver vocabulário, entender significados e construir conhecimentos. O leque deve ser variado para permitir que os estudantes tenham mais familiaridade com os diversos gêneros, pode ser notícias, obras literárias, histórias em quadrinhos, cartas, etc. Interdisciplinaridade As práticas pedagógicas realizadas entre as diferentes disciplinas podem tornar o aprendizado mais rico para os estudantes. Ao associar os conteúdos e demonstrar que eles têm relação com a vida prática do estudante, é possível gerar mais interesse e motivação. Conclusão A partir de seus pilares educacionais, o Colégio Planck investe em práticas pedagógicas que possibilitam o desenvolvimento cognitivo e socioemocional de seus estudantes, ampliando as suas bagagens de conteúdo nas mais variadas disciplinas. Além das atividades planejadas para as disciplinas curriculares, também são oferecidas 38 extracurriculares para atender aos mais diversos interesses e heterogeneidade de aprendizados de seus estudantes, permitindo que eles continuem engajados, interessados e motivados na construção do próprio conhecimento.

No entanto, essas práticas também devem ser dinâmicas e inclusivas, porque é necessário que a Educação esteja em constante transformação, visando a heterogeneidade dos aprendizados nessa era de transformação digital.

Alguns estudantes aprendem melhor com estímulos teóricos das aulas expositivas, outros com estímulos visuais, já outros preferem as ferramentas auditivas e assim por diante.

Para acompanhar essa necessidade de mudanças na aprendizagem de um estudante, surgiram as metodologias ativas, com ferramentas como a aprendizagem baseada em projetos, que é um dos pilares do processo pedagógico do Colégio Planck, e onde também estão inseridas as práticas pedagógicas.

Leia mais:

➡️ Neurociência: como funciona o cérebro de um adolescente

Mas, o que são práticas pedagógicas?

Esse é um conceito em constante atualização, mas pode ser explicado como um conjunto de ações intencionais que vão favorecer o desenvolvimento dos estudantes.

A importância dessas práticas é, principalmente, manter os estudantes engajados e favorecer o aprendizado.

Em muitas dessas práticas pedagógicas, os estudantes passam a ser protagonistas e responsáveis pelo próprio processo de construção de conhecimento, sendo orientados e acompanhados pelos professores.

Essas atividades de ensino, que ocorrem dentro ou fora da sala de aula, oferecem experiências que vão favorecer a criatividade e espontaneidade dos estudantes, fazendo um vínculo da teoria com a prática.

No entanto, para serem bem-sucedidas, é preciso que se leve em consideração a etapa de escolarização, as necessidades dos estudantes e o contexto cultural e social onde estão inseridos.

Por isso, as práticas pedagógicas devem ser condizentes com o perfil da instituição, do educador e da própria turma. Portanto, o próprio educador deve analisar o que é coerente e seguro para ele próprio, para passar o conteúdo da forma mais clara e precisa, e o que vai despertar a atenção dos estudantes. 

Assim, as instituições precisam se reinventar sempre, buscando novas formas e estratégias para atrair a atenção das novas gerações de estudantes.

Quais as principais práticas pedagógicas?

As práticas pedagógicas vão estar associadas à interação desses elementos que compõem o aprendizado, visando proporcionar engajamento, motivação, desenvolvimento e interesse dos estudantes.

Veja algumas práticas pedagógicas:

Uso de tecnologias

Todos os estudantes do Ensino Fundamental Anos Finais são nativos digitais, portanto, o uso da tecnologia para eles é um processo bastante natural que foi amplamente favorecido com a pandemia.

No período do isolamento social, foi possível dar continuidade no cronograma curricular com o uso das ferramentas tecnológicas, como as aulas remotas, e a adoção do ensino híbrido.

Com o uso das tecnologias, é possível garantir mais personalização, interatividade, dinâmica e melhor preparação dos estudantes a partir de fontes online.

Entre o uso dessas novas tecnologias nas práticas pedagógicas, umas das ferramentas é a gamificação, que é muito interessante para geração de nativos digitais. Pode ser utilizada por meio de um sistema de pontos por participação em atividades ou entrega de tarefas que geram bastante engajamento dos estudantes. 

Sabia que as práticas pedagógicas podem gerar o interesse dos estudantes e estimular o processo de aprendizagem no Ensino Fundamental? Entenda nesse texto o que são e qual a sua importância nas atividades curriculares. Como as pessoas aprendem? Muitos elementos já mudaram na Educação: as configurações das salas de aula, as estratégias dos professores e a chegada da pandemia, que, definitivamente, mudou as escolas. Mas ao longo do tempo, mudou também a forma como as pessoas aprendem. A neurociência aponta que a aprendizagem pode ser favorecida de acordo com a forma como a informação é captada, assimilada e armazenada. Além disso, o aprendizado também está associado a questões psicológicas, biológicas, pedagógicas e sociais, que podem favorecer ou criar desafios individuais. É preciso avaliar que nem sempre o que funciona para uma disciplina serve para outra, portanto, as práticas pedagógicas podem favorecer a interação desses fatores para estimular a aprendizagem. No entanto, essas práticas também devem ser dinâmicas e inclusivas, porque é necessário que a Educação esteja em constante transformação, visando a heterogeneidade dos aprendizados nessa era de transformação digital. Alguns estudantes aprendem melhor com estímulos teóricos das aulas expositivas, outros com estímulos visuais, já outros preferem as ferramentas auditivas e assim por diante. Para acompanhar essa necessidade de mudanças na aprendizagem de um estudante, surgiram as metodologias ativas, com ferramentas como a aprendizagem baseada em projetos, que é um dos pilares do processo pedagógico do Colégio Planck, e onde também estão inseridas as práticas pedagógicas. Leia mais: Neurociência: como funciona o cérebro de um adolescente Mas, o que são práticas pedagógicas? Esse é um conceito em constante atualização, mas pode ser explicado como um conjunto de ações intencionais que vão favorecer o desenvolvimento dos estudantes. A importância dessas práticas é, principalmente, manter os estudantes engajados e favorecer o aprendizado. Em muitas dessas práticas pedagógicas, os estudantes passam a ser protagonistas e responsáveis pelo próprio processo de construção de conhecimento, sendo orientados e acompanhados pelos professores. Essas atividades de ensino, que ocorrem dentro ou fora da sala de aula, oferecem experiências que vão favorecer a criatividade e espontaneidade dos estudantes, fazendo um vínculo da teoria com a prática. No entanto, para serem bem-sucedidas, é preciso que se leve em consideração a etapa de escolarização, as necessidades dos estudantes e o contexto cultural e social onde estão inseridos. Por isso, as práticas pedagógicas devem ser condizentes com o perfil da instituição, do educador e da própria turma. Portanto, o próprio educador deve analisar o que é coerente e seguro para ele próprio, para passar o conteúdo da forma mais clara e precisa, e o que vai despertar a atenção dos estudantes. Assim, as instituições precisam se reinventar sempre, buscando novas formas e estratégias para atrair a atenção das novas gerações de estudantes. Quais as principais práticas pedagógicas? As práticas pedagógicas vão estar associadas à interação desses elementos que compõem o aprendizado, visando proporcionar engajamento, motivação, desenvolvimento e interesse dos estudantes. Veja algumas práticas pedagógicas: Uso de tecnologias Todos os estudantes do Ensino Fundamental Anos Finais são nativos digitais, portanto, o uso da tecnologia para eles é um processo bastante natural que foi amplamente favorecido com a pandemia. No período do isolamento social, foi possível dar continuidade no cronograma curricular com o uso das ferramentas tecnológicas, como as aulas remotas, e a adoção do ensino híbrido. Com o uso das tecnologias, é possível garantir mais personalização, interatividade, dinâmica e melhor preparação dos estudantes a partir de fontes online. Entre o uso dessas novas tecnologias nas práticas pedagógicas, umas das ferramentas é a gamificação, que é muito interessante para geração de nativos digitais. Pode ser utilizada por meio de um sistema de pontos por participação em atividades ou entrega de tarefas que geram bastante engajamento dos estudantes. Resolução coletiva de situações problema Neste tipo de prática pedagógica, os estudantes são conduzidos pelos professores a encontrar uma solução para um problema, a partir de conhecimentos já trabalhados e que vão estimular pensamento crítico e criatividade. A partir da aprendizagem baseada em projetos, essas soluções podem ser encontradas em atividades de diversas disciplinas. No Planck, essa prática pedagógica é adotada na aprendizagem colaborativa, na qual os estudantes são estimulados a encontrar soluções e não ficarem acomodados em respostas prontas, em projetos como a Academia Sherlock e o laboratório Design Maker. Trabalhos em grupo Os trabalhos em grupos também são práticas pedagógicas importantes, pois permitem o desenvolvimento da cooperação e do estímulo de pontos fortes, como por exemplo, empatia, comunicação, criatividade, capacidade de negociação, etc. Além disso, os trabalhos em grupo também geram mais dinamismo na sala de aula, oferecendo uma oportunidade de participação mais ativa de cada estudante. Leitura frequente de textos Incentivar a leitura de textos dos mais diversificados está entre as práticas pedagógicas mais importantes para desenvolver vocabulário, entender significados e construir conhecimentos. O leque deve ser variado para permitir que os estudantes tenham mais familiaridade com os diversos gêneros, pode ser notícias, obras literárias, histórias em quadrinhos, cartas, etc. Interdisciplinaridade As práticas pedagógicas realizadas entre as diferentes disciplinas podem tornar o aprendizado mais rico para os estudantes. Ao associar os conteúdos e demonstrar que eles têm relação com a vida prática do estudante, é possível gerar mais interesse e motivação. Conclusão A partir de seus pilares educacionais, o Colégio Planck investe em práticas pedagógicas que possibilitam o desenvolvimento cognitivo e socioemocional de seus estudantes, ampliando as suas bagagens de conteúdo nas mais variadas disciplinas. Além das atividades planejadas para as disciplinas curriculares, também são oferecidas 38 extracurriculares para atender aos mais diversos interesses e heterogeneidade de aprendizados de seus estudantes, permitindo que eles continuem engajados, interessados e motivados na construção do próprio conhecimento.

Resolução coletiva de situações problema

Neste tipo de prática pedagógica, os estudantes são conduzidos pelos professores a encontrar uma solução para um problema, a partir de conhecimentos já trabalhados e que vão estimular pensamento crítico e criatividade.

A partir da aprendizagem baseada em projetos, essas soluções podem ser encontradas em atividades de diversas disciplinas.

No Planck, essa prática pedagógica é adotada na aprendizagem colaborativa, na qual os estudantes são estimulados a encontrar soluções e não ficarem acomodados em respostas prontas, em projetos como a Academia Sherlock e o laboratório Design Maker.

ebook como unir cultura maker e design thinking

Trabalhos em grupo

Os trabalhos em grupos também são práticas pedagógicas importantes, pois permitem o desenvolvimento da cooperação e do estímulo de pontos fortes, como por exemplo, empatia, comunicação, criatividade, capacidade de negociação, etc. 

Além disso, os trabalhos em grupo também geram mais dinamismo na sala de aula, oferecendo uma oportunidade de participação mais ativa de cada estudante.

 

Leitura frequente de textos

Incentivar a leitura de textos dos mais diversificados está entre as práticas pedagógicas mais importantes para desenvolver vocabulário, entender significados e construir conhecimentos.

O leque deve ser variado para permitir que os estudantes tenham mais familiaridade com os diversos gêneros, pode ser notícias, obras literárias, histórias em quadrinhos, cartas, etc.

Interdisciplinaridade

As práticas pedagógicas realizadas entre as diferentes disciplinas podem tornar o aprendizado mais rico para os estudantes.

Ao associar os conteúdos e demonstrar que eles têm relação com a vida prática do estudante, é possível gerar mais interesse e motivação. 

Sabia que as práticas pedagógicas podem gerar o interesse dos estudantes e estimular o processo de aprendizagem no Ensino Fundamental? Entenda nesse texto o que são e qual a sua importância nas atividades curriculares. Como as pessoas aprendem? Muitos elementos já mudaram na Educação: as configurações das salas de aula, as estratégias dos professores e a chegada da pandemia, que, definitivamente, mudou as escolas. Mas ao longo do tempo, mudou também a forma como as pessoas aprendem. A neurociência aponta que a aprendizagem pode ser favorecida de acordo com a forma como a informação é captada, assimilada e armazenada. Além disso, o aprendizado também está associado a questões psicológicas, biológicas, pedagógicas e sociais, que podem favorecer ou criar desafios individuais. É preciso avaliar que nem sempre o que funciona para uma disciplina serve para outra, portanto, as práticas pedagógicas podem favorecer a interação desses fatores para estimular a aprendizagem. No entanto, essas práticas também devem ser dinâmicas e inclusivas, porque é necessário que a Educação esteja em constante transformação, visando a heterogeneidade dos aprendizados nessa era de transformação digital. Alguns estudantes aprendem melhor com estímulos teóricos das aulas expositivas, outros com estímulos visuais, já outros preferem as ferramentas auditivas e assim por diante. Para acompanhar essa necessidade de mudanças na aprendizagem de um estudante, surgiram as metodologias ativas, com ferramentas como a aprendizagem baseada em projetos, que é um dos pilares do processo pedagógico do Colégio Planck, e onde também estão inseridas as práticas pedagógicas. Leia mais: Neurociência: como funciona o cérebro de um adolescente Mas, o que são práticas pedagógicas? Esse é um conceito em constante atualização, mas pode ser explicado como um conjunto de ações intencionais que vão favorecer o desenvolvimento dos estudantes. A importância dessas práticas é, principalmente, manter os estudantes engajados e favorecer o aprendizado. Em muitas dessas práticas pedagógicas, os estudantes passam a ser protagonistas e responsáveis pelo próprio processo de construção de conhecimento, sendo orientados e acompanhados pelos professores. Essas atividades de ensino, que ocorrem dentro ou fora da sala de aula, oferecem experiências que vão favorecer a criatividade e espontaneidade dos estudantes, fazendo um vínculo da teoria com a prática. No entanto, para serem bem-sucedidas, é preciso que se leve em consideração a etapa de escolarização, as necessidades dos estudantes e o contexto cultural e social onde estão inseridos. Por isso, as práticas pedagógicas devem ser condizentes com o perfil da instituição, do educador e da própria turma. Portanto, o próprio educador deve analisar o que é coerente e seguro para ele próprio, para passar o conteúdo da forma mais clara e precisa, e o que vai despertar a atenção dos estudantes. Assim, as instituições precisam se reinventar sempre, buscando novas formas e estratégias para atrair a atenção das novas gerações de estudantes. Quais as principais práticas pedagógicas? As práticas pedagógicas vão estar associadas à interação desses elementos que compõem o aprendizado, visando proporcionar engajamento, motivação, desenvolvimento e interesse dos estudantes. Veja algumas práticas pedagógicas: Uso de tecnologias Todos os estudantes do Ensino Fundamental Anos Finais são nativos digitais, portanto, o uso da tecnologia para eles é um processo bastante natural que foi amplamente favorecido com a pandemia. No período do isolamento social, foi possível dar continuidade no cronograma curricular com o uso das ferramentas tecnológicas, como as aulas remotas, e a adoção do ensino híbrido. Com o uso das tecnologias, é possível garantir mais personalização, interatividade, dinâmica e melhor preparação dos estudantes a partir de fontes online. Entre o uso dessas novas tecnologias nas práticas pedagógicas, umas das ferramentas é a gamificação, que é muito interessante para geração de nativos digitais. Pode ser utilizada por meio de um sistema de pontos por participação em atividades ou entrega de tarefas que geram bastante engajamento dos estudantes. Resolução coletiva de situações problema Neste tipo de prática pedagógica, os estudantes são conduzidos pelos professores a encontrar uma solução para um problema, a partir de conhecimentos já trabalhados e que vão estimular pensamento crítico e criatividade. A partir da aprendizagem baseada em projetos, essas soluções podem ser encontradas em atividades de diversas disciplinas. No Planck, essa prática pedagógica é adotada na aprendizagem colaborativa, na qual os estudantes são estimulados a encontrar soluções e não ficarem acomodados em respostas prontas, em projetos como a Academia Sherlock e o laboratório Design Maker. Trabalhos em grupo Os trabalhos em grupos também são práticas pedagógicas importantes, pois permitem o desenvolvimento da cooperação e do estímulo de pontos fortes, como por exemplo, empatia, comunicação, criatividade, capacidade de negociação, etc. Além disso, os trabalhos em grupo também geram mais dinamismo na sala de aula, oferecendo uma oportunidade de participação mais ativa de cada estudante. Leitura frequente de textos Incentivar a leitura de textos dos mais diversificados está entre as práticas pedagógicas mais importantes para desenvolver vocabulário, entender significados e construir conhecimentos. O leque deve ser variado para permitir que os estudantes tenham mais familiaridade com os diversos gêneros, pode ser notícias, obras literárias, histórias em quadrinhos, cartas, etc. Interdisciplinaridade As práticas pedagógicas realizadas entre as diferentes disciplinas podem tornar o aprendizado mais rico para os estudantes. Ao associar os conteúdos e demonstrar que eles têm relação com a vida prática do estudante, é possível gerar mais interesse e motivação. Conclusão A partir de seus pilares educacionais, o Colégio Planck investe em práticas pedagógicas que possibilitam o desenvolvimento cognitivo e socioemocional de seus estudantes, ampliando as suas bagagens de conteúdo nas mais variadas disciplinas. Além das atividades planejadas para as disciplinas curriculares, também são oferecidas 38 extracurriculares para atender aos mais diversos interesses e heterogeneidade de aprendizados de seus estudantes, permitindo que eles continuem engajados, interessados e motivados na construção do próprio conhecimento.

Conclusão

A partir de seus pilares educacionais, o Colégio Planck investe em práticas pedagógicas que possibilitam o desenvolvimento cognitivo e socioemocional de seus estudantes, ampliando as suas bagagens de conteúdo nas mais variadas disciplinas.

Além das atividades planejadas para as disciplinas curriculares, também são oferecidas 38 extracurriculares para atender aos mais diversos interesses e heterogeneidade de aprendizados de seus estudantes, permitindo que eles continuem engajados, interessados e motivados na construção do próprio conhecimento.

infografico-aprendizagem-socioemocional

Compartilhe:

Leia também:

Translate »